terça-feira, 07 fevereiro 2023

A lama dos dias

Fev. 02, 2023 Hits:279 Crónicas

DIGNIFICAR A AUTORIDADE

Fev. 01, 2023 Hits:130 Crónicas

Homoousios

Jan. 31, 2023 Hits:160 Crónicas

O Escorpião Marcelo

Jan. 31, 2023 Hits:107 Opinião

Insuspeito assassino

Jan. 27, 2023 Hits:205 Crónicas

Isto não é um país É …

Jan. 20, 2023 Hits:489 Opinião

A Importância da Educaç…

Jan. 19, 2023 Hits:1880 Crónicas

Epistocracia - O óptimo …

Jan. 15, 2023 Hits:1022 Opinião

No Palácio do Raio

Jan. 15, 2023 Hits:438 Apontamentos

CDS-PP PEDE DEMISSÃO IMEDIATA DA PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA TAP





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O CDS-PP considera que Christine Ourmières-Widener, com base nas declarações hoje prestadas no parlamento, não tem condições para se manter na presidência do Conselho de Administração da TAP e deve apresentar de imediato a sua demissão, independemente da incapacidade demonstrada pelo ministério das Finanças e de factos por apurar da responsabilidade do ministro Fernando Medina.               

A Presidente do Conselho de Administração da TAP, empresa que já absorveu 3,2 mil milhões de impostos dos contribuintes, não tem condições para continuar a exercer as suas funçoes por violação grave de 3 procedimentos legais aplicáveis:   

- O pagamento da indemnização a Alexandra Reis foi efetuado sem a necessária autorização do Ministério das Finanças, quando tal  autorização era obrigatória por lei;  

-O montante atribuído a título de indeminização violou o Estatuto do Gestor Público, uma vez que excedeu largamente os limites legais previstos;  

-O Conselho de Administração da TAP prestou informações erradas à CMVM quando comunicou que Alexandra Reis tinha simplesmente renunciado ao cargo da gestora quando, na realidade, se tratou de um afastamento por incompatibilidades de gestão. 

Para além de múltiplas decisões que mostram que o Conselho de Administração da TAP funciona à margem da realidade do País e dos sacrifícios que exige aos próprios funcionários, é inaceitável que a Presidente do Conselho de Administração viole a lei, falte à verdade, não obtenha autorizações prévias necessárias ou omita informações obrigatórias da tutela e se mantenha em funções.

Depois de ter pedido a demissão da secretária de Estado do Tesouro Alexandra Reis, o CDS-PP considera que após as declarações hoje prestadas no parlamento, a Presidente do Conselho de Administração da TAP não tem as mínimas condições para continuar a liderar a TAP, pelo que se deve demitir de imediato.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Tony Da Silva
Author: Tony Da SilvaEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 575  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?