domingo, 27 novembro 2022

DEPOIS DO EUROMILHÕES

Nov. 27, 2022 Hits:81 Crónicas

PORTUGAL É RONALDO E RON…

Nov. 24, 2022 Hits:258 Opinião

Crónica triste para um d…

Nov. 20, 2022 Hits:136 Opinião

Em Ocasiões Especiais

Nov. 20, 2022 Hits:510 Crónicas

Os sonhos adiados

Nov. 19, 2022 Hits:204 Crónicas

IXELLES – UMA VILA DESO…

Nov. 15, 2022 Hits:219 Opinião

CRIANÇA PRESA NO PENICO

Nov. 13, 2022 Hits:459 Crónicas

Duas tardes em Coja

Nov. 13, 2022 Hits:789 Apontamentos

Esta vida de hipster

Nov. 08, 2022 Hits:125 Crónicas

Ladroagem Eleitoral

Nov. 06, 2022 Hits:333 Opinião

O “Auto Suicídio” de…

Nov. 04, 2022 Hits:337 Opinião

BE de Caminha recomenda aplicação da tarifa social de água





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A empresa Águas do Alto minho acabou com a Tarifa Social destinada aos consumidores e famílias mais carenciadas! E, segundo se adianta a empresa teve este procedimento com total silêncio por parte dos municípios.

O Bloco de Esquerda de Caminha através do seu deputado Abílio Cerqueira propôs,  na última assembleia municipal, ocorrida a 30 de Setembro, que a Assembleia Municipal aprovasse uma recomendação ao Município de Caminha no sentido de diligenciar e interceder junto da empresa Águas do Alto Minho.

Abílio Cerqueira adiantou que irá “estar atento porque mesmo sabendo que compete à ADAM a política de preços a câmara municipal de caminha tem de reunir-se com essa empresa e criar condições de ser implementada a tarifa social de água”.

Segundo foi adiantado no concelho de Caminha existem já identificados um total de mais de 1500 lares  que justificam esta tarifa.

Recordar que a empresa Águas do Alto Minho é responsável pela gestão das redes de água em baixa e de saneamento, que opera desde janeiro de 2020. É detida em 51% pela Águas de Portugal e em 49% pelos municípios de Arcos de Valdevez, Caminha, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira, que compõem a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho.

Três concelhos do distrito nomeadamente Ponte da Barca, Monção e Melgaço reprovaram a constituição daquela parceria optando por ficar fora do sistema.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Author: Isabel VarelaEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 827  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?