segunda-feira, 26 setembro 2022

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:98 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:87 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:117 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:82 Crónicas

A BICICLETA DOS ANJOS

Set. 12, 2022 Hits:65 Crónicas

UM CIMBALINO SE FAZ FAVOR

Set. 10, 2022 Hits:336 Crónicas

O aroma do café no ar

Set. 05, 2022 Hits:79 Crónicas

Rota dos Registos Civis

Set. 04, 2022 Hits:219 Opinião

Espanto e Vergonha

Ago. 28, 2022 Hits:129 Opinião

Quatro militares norte-americanos morrem em exercício da NATO na Noruega





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Quatro militares norte-americanos morreram na queda de um avião na Noruega na sexta-feira, quando participava em exercícios da NATO, anunciou hoje o primeiro-ministro norueguês.

Jonas Gahr Store disse que os militares participavam no exercício “Cold Response 2022”, que visa testar a capacidade da Noruega de receber reforços externos em caso de agressão por um país terceiro.

“As nossas mais sinceras condolências vão para as famílias dos soldados, familiares e companheiros de unidade”, escreveu o chefe do governo de Oslo na rede social Twitter.

O avião do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA foi dado como desaparecido ao fim da tarde de sexta-feira, numa zona afetada por más condições climatéricas.

Trata-se de um Osprey MV-22B, um avião que pode fazer descolagens e aterragens verticais, e que é utilizado principalmente no transporte de tropas e equipamento de apoio a ataques anfíbios.

“O avião tinha uma tripulação de quatro pessoas e estava numa missão de treino no condado de Nordland”, no norte da Noruega, de acordo com uma declaração das forças armadas norueguesas citadas pela agência norte-americana AP.

A polícia local disse que foi lançada imediatamente uma missão de busca e salvamento e que conseguiu chegar ao local durante a noite, confirmando a morte dos quatro militares norte-americanos.

Este exercício anual da NATO na Noruega não está relacionado com a guerra na Ucrânia, desencadeada pela Rússia quando invadiu o país vizinho em 24 de fevereiro.

A Aliança Atlântica e as autoridades norueguesas disseram que a Rússia foi informada sobre a sua realização.

“O exercício não é inesperado nem surpreendente para as autoridades russas”, disseram as Forças Armadas norueguesas numa declaração divulgada no ‘site’ do exercício.

“Em janeiro, o chefe do Comando Conjunto da Noruega realizou uma videochamada com o comandante da Frota Russa do Norte. Durante esta chamada, o general russo foi atualizado sobre o exercício”, acrescentaram.

Cerca de 30.000 militares, 220 aviões e 50 navios de 27 países participam no exercício deste ano.

A Finlândia e a Suécia, que não integram a Aliança Atlântica, também participam no exercício, que começou em 14 de março e terminam em 01 de abril.

Não foi adiantada qualquer causa para o acidente.

O exercício “prosseguirá como planeado, com as medidas que temos de tomar devido às condições meteorológicas”, disseram as forças armadas norueguesas, segundo a AP.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1694 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?