segunda-feira, 26 setembro 2022

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:98 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:87 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:117 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:82 Crónicas

A BICICLETA DOS ANJOS

Set. 12, 2022 Hits:65 Crónicas

UM CIMBALINO SE FAZ FAVOR

Set. 10, 2022 Hits:336 Crónicas

O aroma do café no ar

Set. 05, 2022 Hits:79 Crónicas

Rota dos Registos Civis

Set. 04, 2022 Hits:219 Opinião

Espanto e Vergonha

Ago. 28, 2022 Hits:129 Opinião

Parlamento Europeu aprova 1.200 milhões de euros para a Ucrânia





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O Parlamento Europeu (PE) deu hoje luz verde a um pacote de assistência macrofinanceira de emergência à Ucrânia, no valor de 1.200 milhões de euros.A proposta apresentada pela Comissão no dia 1 de fevereiro foi aprovada em plenário com 598 votos a favor, 55 contra e 41 abstenções, na sequência da aplicação do processo de urgência.

Estes fundos serão disponibilizados à Ucrânia sob a forma de empréstimos a longo prazo em condições altamente favoráveis. Contribuirão para reforçar a estabilidade macroeconómica e a resiliência global da Ucrânia no contexto do acentuado aumento da incerteza geopolítica e do seu impacto na situação económica.

A Comissão Europeia deverá desembolsar rapidamente uma primeira parcela de 600 milhões de euros, sob certas condições prévias. O desembolso da segunda parcela estará sujeito ao prosseguimento da execução satisfatória do programa do Fundo Monetário Internacional (FMI) e de um número de medidas políticas de curto prazo previamente acordadas.

Os eurodeputados salientam que “como condição prévia para a concessão da assistência macrofinanceira da União, a Ucrânia deve respeitar os mecanismos democráticos efetivos, nomeadamente um sistema parlamentar pluripartidário e o Estado de direito, e assegurar o respeito pelos direitos humanos”, em linha com o que é referido na proposta legislativa.

Desde 2014, a UE e as instituições financeiras europeias atribuíram mais de 17 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos à Ucrânia. Desse montante, 5 mil milhões de euros foram atribuídos através de cinco operações consecutivas de assistência macrofinanceira.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Tony Da Silva
Author: Tony Da SilvaEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1110 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?