Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
domingo, 05 dezembro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Sondagem

Os vacinados devem ter prioridade no acesso aos cuidados de saúde em relação aos não vacinados?
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
Total Votes:
First Vote:
Last Vote:

Porquê que a Bélgica tem uma das maiores taxas de mortalidade por Covid-19?



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

Uma das formas de medir os efeitos do Covid-19 é através da taxa de mortalidade. Até ontem, 21 de Abril, segundo dados da Universidade Johns Hopkins, a Bélgica tinha uma taxa de 52,51 mortes por cada 100 mil habitantes, uma das mais altas de toda a Europa, apenas atrás de San Marino (118,40).

Mesmo a Espanha e a Itália, os países mais afetados do continente europeu, possuem uma taxa de mortalidade inferior à da Bélgica, contabilizando 45,55 e 40,79 mortes por cada 100 mil habitantes, respetivamente.

A Universidade Johns Hopkins, que tem monitorizado o desenvolvimento do vírus desde o seu início, aponta que as disparidades destes números podem existir devido às diferenças na quantidade de pessoas testadas em cada país, a questões demográficas – se a população de uma determinada área possui mais indivíduos de um dos grupos de risco, por exemplo – e às características do próprio sistema de saúde.

No caso da Bélgica, a resposta é ainda outra. Numa medida controversa, como foi relatado pelo Brussels Times, desde o início da pandemia que o país conta como mortes por Covid-19 não apenas aquelas que são registadas num hospital, mas também as dos pacientes que morreram em lares ou que tenham estado em cuidados domiciliares, sem que tenham sido testados. Com base nos sintomas observados, a causa da morte desses doentes tem sido presumida como resultado do vírus.

O modo como a Bélgica tem contabilizado as suas mortes por Covid-19 tem sido alvo de debate, com alguns deputados preocupados com imagem do país. Quando questionada pela LN24 sobre este sistema de contagem, a Primeira-ministra, Sophie Wilmès, afirmou que a Bélgica escolheu ter uma “grande transparência na comunicação de mortes ligadas ao Covid-19”.

Ao mesmo canal, a Ministra da Saúde belga, Maggie de Block, referiu que esta é a forma mais detalhada de contabilizar o número de mortes, apesar de nenhum outro país na Europa utilizar este mesmo método. Neste momento, a Bélgica conta com cerca de 40 mil infetados e já superou a barreira das 6 mil mortes.  

Luso.eu - Jornal das comunidades
Rúben Castro
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 246 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

News Fotografia