segunda-feira, 15 agosto 2022

(ENGIE)nharia jurídica

Ago. 13, 2022 Hits:32 Opinião

A IGREJA QUE NÃO ACREDIT…

Ago. 08, 2022 Hits:382 Opinião

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:80 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:270 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:230 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:81 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:103 Crónicas

É PROIBIDO NASCER EM AGO…

Jul. 29, 2022 Hits:673 Opinião

À descoberta de Paula Rego





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O brilho de Antuérpia começa na sua estação central, com a beleza do grande relógio, sendo o primeiro motivo fotográfico de muitos. A viagem continua pelas ruas movimentadas da cidade dos diamantes, entre a escultura da mão do gigante – associada à lenda da cidade –, a Catedral de Nossa Senhora e o castelo Het Steen, que em português significa “A Pedra”. 

Durante os últimos meses, a segunda maior cidade da Bélgica ganhou um outro brilho, e a razão é uma das artistas portuguesas mais afamadas: Paula Rego.

Ana Maria Pestana e Jan Lindekeans moram perto de Lovaina, na região flamenga da Bélgica. Vieram de propósito ao museu De Reede para visitar a exposição temporária “Paula Rego – Power Games”, que pretende celebrar a obra gráfica da pintora portuguesa.

O casal luso-belga tem acompanhado o trabalho do jovem museu criado em 2017 e não tem dúvidas em afirmar que a exposição de Paula Rego é a “mais ilustre que o De Reede teve”.

Harry Rutten, diretor do De Reede, revela que logo que soube da oportunidade de ter Paula Rego não hesitou. “É um orgulho para nós mostrar o seu trabalho”, afirma.

A obra de Paula Rego desmascara a hipocrisia, desafia e abomina a moralidade conservadora e usa o humor negro como uma arma delicada. Nos cerca de 40 trabalhos expostos no De Reede, a artista debruça-se sobre os temas da família, da sexualidade e da hipocrisia do quotidiano. A exposição “Paula Rego – Power Games” ficará patente até ao dia 25 de outubro.

Goya, Rops e Munch

O museu De Reede é um museu dedicado à arte gráfica. Trata-se de uma iniciativa do neerlandês Harry Rutten, que doou parte da sua coleção de arte a uma fundação belga.

A coleção concentra-se nos trabalhos de Franscico Goya, Félicien Rops e Edvard Munch. O trabalho destes artistas é apresentado como o de observadores críticos do tempo em que viveram, cada um no seu próprio contexto artístico e social.

Situado no centro histórico da cidade de Antuérpia, o museu conta ainda com obras de outros artistas belgas, incluindo de estudantes da Academia Real de Belas-Artes de Antuérpia.

https://museum-dereede.com/

Luso.eu - Jornal das comunidades
Rúben Castro
Author: Rúben CastroEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1086 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?