Colocámos cookies no seu computador para melhorar a sua experiência no website. Ao utilizar o site, está a concordar com o seu uso. Ler mais

Lusoproductions  has placed cookies on your computer to help improve this site. By using this site, you are consenting to its usage. Ler mais

 

Acaba de lançar ‘Sensual Idade’ que é o nome do novo trabalho de originais.

Segundo o editor, é um disco que “roça a perfeição onde a melodia e as palavras se abraçam num eterno beijo e se deixam cantar como por magia, por um dos maiores “cantautores” nacionais. É um disco “Antena Um” e saiu no final mês de Outubro, data que assinala os 40 anos da sua carreira e mais de trinta discos e vários livros editados.

 Manuel Araújo

Pedro Barroso diz-nos, que “Sensual Idade” é um trabalho “lindíssimo e tem um tema genérico - a sensualidade, ou seja, a intimidade das pessoas, aborda um modo, ou uma variante do prazer ou do conflito amoroso, com todos os seus enigmas, segredos e perplexidades. É uma obra, que no fundo, nos leva a resistir a um mundo cinzento e sem horizontes, onde já não nos revemos em nada e aprendemos a desconfiar de tudo, até dos bancos suíços!” - afirma em tom irónico.

Pedro Barroso explica-nos, que o CD/livro “Sensual Idade” “contém 12 temas e dois poemas e cada tema conta uma história”. É um CD com “muitíssima qualidade, uma aposta da editora “Ovação” e também minha, para celebrar os 40 anos de carreira”. Acrescenta que é “sem dúvida um disco de fino traço poético e extremamente elegante, que apela ao sonho e ao sorriso, à inteligência e à tolerância. E conduz-nos, de tema em tema, a um universo de bom gosto e cumplicidade”. Adianta dizendo que ao escutar este disco, vamos divertir-nos, pois “a vida é curta” e aconselha: “sente-se e goze. A função vai começar. É permitido fumar, pensar, beber, sonhar ou sorrir. Ponha a mesa. Vá buscar aquele presunto de Chaves e o tal Serra amanteigado. Pão e vinho alentejano, por favor. Ou, para paladares mais cosmopolitas, uísque velho, cognac, Portos vintage. Reservas secretas envelhecidas em cascos da vida ou talvez simples água fresca da fonte, flores, perfumes, toalhas de linho, velas acesas. Chocolates para as senhoras; charutos para os cavalheiros. Ou vice-versa, porque não?

Seja indulgente consigo por uma hora. Usufrua este CD com gula, atenção e encanto. Leia e escute. Convide os amigos. Apague a televisão. Aproveite. Um dia vai ter saudades deste tempo e modo de ouvir e deste sentir saboroso e diferente. Agora desfrute, ame e viva. E escolha, em livre mente, do cardápio, tudo o que quiser, ao melhor gosto da sua “Sensual idade”"
- disse.

Conecte-se

Se deseja inscrever-se na nossa newsletter, Digite seu endereço de e-mail.