Colocámos cookies no seu computador para melhorar a sua experiência no website. Ao utilizar o site, está a concordar com o seu uso. Ler mais

Lusoproductions  has placed cookies on your computer to help improve this site. By using this site, you are consenting to its usage. Ler mais

Sofia Ribeiro nasceu Lisboa em 1978

Luso.be/Tony: Quem é a Sofia Ribeiro? Fala-nos um pouco de ti...

 Sofia Ribeiro : Nasci em Lisboa em 1978, mas vivi sempre em Vila Nova de Gaia. Tenho uma família fantástica, muito unida, e que tem sido sempre uma base essencial e sólida na minha vida. Viajo bastante, vivi já em vários países diferentes e sempre procurei evoluir muito e conhecer realidades diversas. Canto desde pequenina, mas só aos 23 anos é que decidi que queria ser cantora profissional. Sou apaixonada pelo que faço!

Luso.be/Tony: Estás em digressão pelo estrangeiro. Actuas só para as nossas comunidades?
Sofia Ribeiro : Não, actuo para públicos de diferentes países… É muito comum estarem presentes portugueses nos meus concertos, mas, na sua maioria, o público é normalmente estrangeiro.

Luso.be/Tony: Qual é a faixa etária do teu público? Há também jovens a assistir?
Sofia Ribeiro : Há pessoas de todas as idades: crianças, jovens e adultos!

Luso.be/Tony: Em que se distinguem os teus espectáculos no estrangeiro e em Portugal?
Sofia Ribeiro : Cada espectáculo é diferente do outro, independentemente do lugar. No entanto, noto, de uma forma muito geral, uma maior abertura no estrangeiro do que em Portugal para um tipo de música menos "acessível" e comercial.

Luso.be/Tony: No final de Agosto de 2008 ganhaste um concurso internacional de jazz vocal na Polónia. O que é que sentiste ?
Sofia Ribeiro : Senti-me muito feliz! E fiquei particularmente satisfeita pelo facto de ter sido uma competição cujo conceito tinha muito a ver comigo: a valorização de cantores músicos, com um estilo próprio.

Luso.be/Tony: Como é que conheceste o Marc Demuth ?
Sofia Ribeiro : Conheci o Marc em Barcelona, em 2003, altura em que ambos estudávamos na Escola Superior de Música da Catalunha, através do programa Erasmus.

Luso.be/Tony: Qual foi o motivo que vos levou a trabalharem juntos ?
Sofia Ribeiro : Uma grande cumplicidade musical!

Luso.be/Tony: Porquê só um (contrabaixo) para te acompanhar ?
Sofia Ribeiro : No primeiro concerto que eu e o Marc fizemos juntos, em Palma de Maiorca, em 2003, decidimos tocar um tema em duo, mesmo sem ensaiar. Funcionou muito bem… Continuámos a tocar juntos e, uns meses mais tarde, o Marc convidou-me para cantar no exame final de curso dele, só os dois. Desde o início que a reacção do público foi muito positiva ao duo. Inclusivamente, muita gente nos diz que prefere ouvir-nos em duo do que noutras formações. No entanto, o duo é apenas um dos meus projectos actuais...

Luso.be/Tony: Com que editora trabalhas?
Sofia Ribeiro : Neste momento não trabalho com nenhuma editora. Até agora, os meus discos foram edições independentes.

Luso.be/Tony: Quantos trabalhos já editaste?
Sofia Ribeiro : Três cds e duas músicas que acompanham livros infantis escritos pela minha irmã, Manuela Mota Ribeiro.

Luso.be/Tony: Tens um site na internet?
Sofia Ribeiro : Sim! www.sofiaribeiro.com e www.myspace.com/sofiaribeiro

Luso.be/Tony: Também escreves e compões, ou só cantas?
Sofia Ribeiro : Componho também! Letra e música.

Luso.be/Tony: Se te obrigassem a escolher uma das tuas músicas, qual seria e porquê?
Sofia Ribeiro : Seria a "Ribalta", porque mistura de uma forma equilibrada, a meu ver, dois elementos essenciais na minha música: o jazz e a música portuguesa. Para além disso, escrevi tanto a música como a letra, inspiradas num momento muito forte pelo qual passei. E, de alguma forma, representa também a capacidade que temos de transformar um momento difícil em algo bonito, poético, que mais tarde é relembrado com tranquilidade…

Luso.be/Tony: Em quase todas as actividades profissionais há rivalidades entre colegas de ofício. No teu caso também há?
Sofia Ribeiro : Sim, penso que na minha área existe bastante rivalidade. No entanto, tento estar à parte disso e centrar-me essencialmente no meu trabalho. Não alimento a inveja ou a competição!

Luso.be/Tony: Quais são os teus gostos e géneros musicais? É só Jazz?
Sofia Ribeiro : Não, de forma alguma! Gosto muito de música pop, músicas do mundo, música clássica, música alternativa, etc. Ouço todo o tipo de música, desde que seja de qualidade...

Luso.be/Tony: Consegues eleger um nome de um grupo, ou artista nacional e outro internacional?
Sofia Ribeiro : Artista nacional: Sara Tavares. Grupo internacional: Radiohead.



Luso.be/Tony: Antes de entrar em palco estás tranquila, ou tens algum ritual ou superstição?
Sofia Ribeiro : Não tenho nenhum ritual… E raramente fico nervosa antes de entrar em palco!

Luso.be/Tony: Quando não andas em concertos como é que gostas de ocupar o teu tempo?
Sofia Ribeiro :Gosto de caminhar, da natureza, da praia, de ouvir música, de ler, de estar com amigos e família, de cozinhar, viajar, etc...

Luso.be/Tony: Queres dirigir uma palavra às nossas Comunidades e especial aos leitores do Portal ?
Sofia Ribeiro : Sim: que apoiem a música portuguesa!

Luso.be/Tony:
Queres fazer uma retrospectiva da tua carreira?
Sofia Ribeiro : Há 8 anos que canto profissionalmente e tanta coisa se passou desde aí! Comecei por fazer concertos em Portugal, e até agora tive a oportunidade de cantar em diversos países, com excelentes músicos de diferentes nacionalidades. Estudei e vivi em Barcelona, Boston, Bruxelas e Paris e ganhei vários prémios. Sinto-me muito privilegiada por tudo o que vivi nestes anos, essencialmente porque pude crescer muito como pessoa e como música, questionando-me sempre. Sinto que cada vez mais o meu trabalho vai sendo reconhecido e que já construí tanto! Isso deixa-me muito feliz.

Luso.be/Tony: Que esperas do futuro?
Sofia Ribeiro : Não penso muito no futuro! Tento viver um dia de cada vez e gosto que a vida me surpreenda!... No entanto, espero poder continuar a viajar e a fazer a minha música, e que esta chegue a cada vez mais pessoas. E espero estar sempre rodeada de família e amigos! E poder ajudar a tornar o mundo um lugar melhor!

© luso.be

Conecte-se

Se deseja inscrever-se na nossa newsletter, Digite seu endereço de e-mail.