SÍNTESE: LC: Benfica soma segunda derrota, Barcelona e Liverpool apanham 'susto'

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) - O Benfica sofreu hoje a segunda derrota na Liga dos Campeões de futebol, ao perder em casa do Zenit, numa segunda jornada em que o campeão Liverpool e o FC Barcelona apanharam 'sustos'.

Depois de se terem estreado com uma derrota caseira com o Leipzig (2-1), os campeões portugueses foram novamente batidos, desta feita em São Petersburgo, por 3-1, ficando na quarta e última posição do Grupo G, com zero pontos, atrás de Zenit e Lyon, com quatro, e Leipzig, com três.

A equipa russa chegou a ter uma vantagem de 3-0, com golos de Dzyuba (22 minutos), Ruben Dias (70), na própria baliza, e Azmoun (78), com Raul de Tomas, aos 85, a estrear-se a marcar em jogos oficiais pelos 'encarnados'.

Depois de ter empatado em casa com o Zenit, o Lyon, com Anthony Lopes na baliza, somou o primeiro triunfo, ao vencer na Alemanha um perdulário Leipzig, por 2-0, com golos de Depay (11 minutos) e Terrier (65).

O campeão europeu Liverpool esteve perto de voltar a perder pontos, após a derrota em Nápoles, depois de desperdiçar uma vantagem de 3-0 frente ao Salzburgo, valendo o golo de Salah, aos 69 minutos, para dar um triunfo por 4-3.

Mané (09 minutos), Robertson (25) e Salah (36) encaminharam os 'reds' para aquilo que parecia ser uma vitória tranquila, mas Hwang (39), Minamino (56) e Haaland (60), que fez o quarto golo na prova, ainda deram o empate aos austríacos.

O Nápoles, que perdeu Mário Rui por lesão, continua a liderar o Grupo E, apesar de não ter ido além de um ‘nulo’ em casa do Genk, passando a somar quatro pontos, mais um do que Liverpool e Salzburgo, enquanto o conjunto belga tem apenas um.

O FC Barcelona esteve a perder em casa com o Inter de Milão, depois de Lautaro Martínez colocar os italianos em vantagem logo aos três minutos, valendo aos catalães a classe de Luis Suárez, que ‘bisou’, aos 58 e 84.

Os 'blaugrana' estão igualados na liderança do Grupo F com o Borussia Dortmund, com quatro pontos, mais três do que Inter de Milão e Slavia de Praga.

O conjunto alemão foi vencer a casa dos checos, por 2-0, com um 'bis' de Hakimi, aos 35 e 89 minutos.

No Grupo H, o Ajax somou o segundo triunfo em outros tantos jogos, ao triunfar em casa do Valência, por 3-0, com golos de Ziyech (08 minutos), Promes (34) e Van de Beek (67).

O conjunto espanhol, com Gonçalo Guedes no 'onze' e Thierry Correia como suplente utilizado, ainda desperdiçou uma grande penalidade, aos 25 minutos, por Parejo.

O Chelsea estreou-se a vencer, em casa do Lille (2-1), que teve José Fonte a titular e Xeka e Renato Sanches a sair do banco.

Abraham (22) e Willian (78), que fazia o 300.º jogo pelos 'blues', marcaram para os londrinos e Osimhen (33) ainda empatou para os gauleses, que estão no último lugar, ainda sem pontos, com Ajax a ter seis e Chelsea e Valência três.


RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Novo livro sobre Gérald Bloncourt e o nascimento da democracia portuguesa em Fafe https://t.co/omMOquth0N
Miguel Alves constituído arguido na operação éter https://t.co/QxTxa7XE7r
ARROZ DE SARRABULHO REUNIU 700 APRECIADORES EM FRANÇA! https://t.co/LzDWgSVYvX
Follow Jornal das Comunidades on Twitter