SÍNTESE: LE: Dupla minhota com ‘pé e meio’ no ‘play-off’, Wolverhampton goleia

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) – Sporting de Braga e Vitória de Guimarães, ambos com triunfos fora de ‘portas’, ficaram hoje mais perto do ‘play-off’ da Liga Europa de futebol, o mesmo sucedendo com o Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo.

Na primeira mão da terceira pré-eliminatória, os bracarenses foram à Dinamarca vencer o Brondby, por 4-2, num encontro em que estiveram em desvantagem, graças ao tento do alemão Dominik Kaiser, aos 15 minutos.

Paulinho, aos 18 minutos, e André Horta, aos 20, operaram a reviravolta dos minhotos, só que Kaiser ‘bisou’ no arranque da etapa complementar, aos 49, e repôs a igualdade.

Contudo, quando pouco o fazia prever, o Sporting de Braga chegou mesmo ao triunfo no tempo de compensação, com um golo de Ricardo Horta, aos 90+1 minutos, e um autogolo de Hjortur Hermannsson, aos 90+4.

Na Letónia, o também minhoto Vitória de Guimarães, que já tinha ultrapassado uma ronda preliminar da Liga Europa, praticamente sentenciou o destino da eliminatória com o Ventspils, ao vencer por 3-0 em Riga.

Davidson abriu o marcador, aos 30 minutos, Pepê Rodrigues dilatou a vantagem vimarenense com um grande golo, aos 50, e Joseph Amoah, aos 80, fechou a vitória da formação orientada por Ivo Vieira, que na próxima semana recebe os letões, na ‘Cidade Berço’.

O Wolverhampton, com os portugueses Rui Patrício, Rúben Vinagre, João Moutinho e Diogo Jota de início, o bateu os arménios do Pyunik por esclarecedores 4-0, numa partida em que o avançado luso se destacou com três assistências para os golos de Matt Doherty (29 minutos) e do ex-benfiquista Raúl Jiménez (42 e 46).

No final da partida, o internacional português Rúben Neves, que tinha sido lançado para o lugar do avançado mexicano, converteu uma grande penalidade, aos 90+1 minutos, e fechou a contagem da equipa comandada por Nuno Espírito Santo.

O ‘carimbo’ luso esteve igualmente presente na vitória do AEK sobre os romenos do Universidade Craiova, por 2-0. Os gregos, treinados pelo português Miguel Cardoso, contaram com Paulinho, André Simões, David Simão e Francisco Geraldes no ‘onze’ inicial, sendo que o avançado Nelson Oliveira foi lançado na segunda parte.

Geraldes acabou mesmo por estar em evidência, ao assistir Marko Livaja para o segundo golo do AEK, aos 85 minutos, já depois de Petros Mantalos ter inaugurado o marcador, aos 60.

O PSV, com o extremo internacional português Bruma de início, venceu por 1-0 os noruegueses do Haugesund e o ponta de lança português Gonçalo Paciência contribuiu com um golo para a expressiva vitória do Eintracht Frankfurt sobre o Vaduz, por 5-0.

Já o extremo luso Ivo Rodrigues, ex-jogador de FC Porto e Vitória de Guimarães, marcou o único golo do triunfo do Antuérpia sobre o Viktoria Plzen (1-0).

Bem lançados para o ‘play-off’ estão Astana, Feyenoord, Ludogorets e Torino, que golearam Valletta (5-1), Dinamo Tbilisi (4-0), The New Saints (5-0) e Soligorsk (5-0), respetivamente.

Os jogos da segunda mão da terceira pré-eliminatória estão agendados para quarta e quinta-feira da próxima semana.


RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Amazónia: Macron acusa Bolsonaro de mentir e diz-se contra o acordo UE-Mercosul https://t.co/pG3CBaXmRt
PSP convencida de “policiamento de sucesso” em Benfica-FC Porto de risco elevado https://t.co/NCqs4FgWrc
Amazónia: Bruxelas está “profundamente preocupada” e apoia debate pedido por Macron https://t.co/xLU3RY97Uj
Follow Jornal das Comunidades on Twitter