(Lusa) - O treinador do Vitória de Guimarães, Luís Castro, frisou hoje que a equipa da I Liga de futebol está em crescimento e sente mais conforto pelos pontos recém-conquistados, mas é ainda inconstante a nível exibicional.

Invicta há mais de dois meses, a turma vitoriana venceu os últimos três jogos oficiais, não sofreu golos nos últimos quatro e subiu hoje ao quinto lugar do campeonato, após a derrota do Rio Ave com o Sporting (3-1), em jogo da 11.ª jornada, mas o técnico lembrou que, apesar dos progressos, a sua equipa tem "muito caminho a percorrer" a nível de "qualidade de jogo".

"Estamos ainda uma equipa muito intermitente. Ainda somos uma equipa que, em determinados momentos, deixa partir jogo. Mas estamos num caminho. Já sinto a equipa muito mais forte em cada jogo que aborda", disse, antes da sétima edição da gala do clube, em curso no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.

O treinador realçou que os pontos recém-conquistados dão mais "conforto" e "confiança" a um plantel que se tem aplicado muito em "jogos de elevada dificuldade" e que deseja qualificação para a Liga Europa, "um dos objetivos" definidos no início da época.

O 'timoneiro' elogiou ainda o "espírito vitoriano" dos 46 sócios que, antes da gala, foram agraciados pelos 50 anos de filiação ao clube e dos 216 que receberam uma distinção pelos 25 anos de filiação.

"São hoje distinguidos homens e mulheres que se têm dedicado à causa vitoriana. É um momento de exaltação", disse.

Pub