(Lusa) – Ucrânia e Sérvia prometem complicar a vida ao campeão Portugal no Grupo B de qualificação para o Euro2020 de futebol, enquanto Lituânia e Luxemburgo aparecem como as seleções mais ‘frágeis’, ditou o sorteio hoje realizado em Dublin.

Enquanto a Sérvia até é uma equipa de boa memória para a seleção portuguesa, o mesmo não acontece com a Ucrânia, que ajudou a formação das ‘quinas’ a ficar ausente da fase final do Mundial1998, que decorreu em França, na única vez que as duas equipas se encontraram em fases de apuramento.

Quanto ao Luxemburgo, Portugal vai encontrar pela quinta vez esta seleção, primeira na qualificação para um Europeu, enquanto a Lituânia vai estrear-se em confrontos oficiais com a seleção lusa.

Na única vez que encontrou a Ucrânia, Portugal acabou afastado do Mundial998, com um terceiro lugar num Grupo 9 que foi ganho pela Alemanha e deixou os ucranianos no ‘playoff’, que acabariam por perder para a Croácia.

Com Artur Jorge no comando, Portugal foi a Kiev perder por 2-1, com João Vieira Pinto a marcar o golo luso, e venceu a Ucrânia, por 1-0, com um tento de Fernando Couto, no Porto.

Só em 2006, no Campeonato do Mundo da Alemanha, a Ucrânia marcou a sua primeira presença numa fase final, seguindo-se o Euro2012, como anfitrião, e o Euro2016, em França.

Comandados por Andriy Shevchenko, considerado o melhor futebolista de sempre do país, a seleção ucraniana tem como principais figuras Andriy Yarmolenko, avançado do West Ham, e Yevhen Konoplyanka, extremo do Schalke 04.

Quanto à Sérvia, a seleção portuguesa garantiu a qualificação nas duas vezes que defrontou a equipa dos Balcãs, para o Euro2008 e, mais recentemente, o Euro2016, que culminou no título europeu em França.

Com Scolari como selecionador, Portugal empatou em Belgrado (1-1), com um golo de Tiago, e garantiu igual resultado em Lisboa, com Simão Sabrosa a marcar, num encontro que ficou marcado por uma agressão do técnico brasileiro ao defesa Dragutinovic.

Nessa qualificação, a seleção nacional acabou no segundo lugar do Grupo A, atrás da Polónia, e seguiu para a fase final, que decorreu na Áustria e na Suíça.

Em 2015, Portugal assegurou mesmo dois triunfos, ambos por 2-1, Com Ricardo Carvalho e Fábio Coentrão a marcarem no Estádio do Luz, e João Moutinho e Nani a garantirem o triunfo na capital sérvia, numa altura em que a formação lusa já tinha confirmado o apuramento.

Comandada por Mladen Krstajic, a Sérvia está neste momento a tirar ‘proveito’ da geração que foi campeã europeia de sub-19, em 2013, e campeã mundial de sub-20, em 2015.

Depois das fases de apuramento para o Mundial1962, Mundial1990, Mundial2006 e Mundial2014, Portugal volta a ‘apanhar’ o Luxemburgo, mas pela primeira vez no caminho para a fase final de um Europeu.

A derrota por 4-2 em 1961 foi a única vez que o Luxemburgo conseguiu roubar pontos a Portugal, seguindo-se sempre triunfos da formação das ‘quinas’, o mais desnivelado em 2005, por 6-0, com um ‘bis’ de Pedro Pauleta e de Simão Sabrosa.

Pela primeira vez no caminho de Portugal, a Lituânia, que é comandada por Edgaras Jankauskas, antigo jogador de Benfica e FC Porto, não parece ter ‘força’ para conseguir tirar pontos a Portugal, tendo em contas as mais recentes campanhas, para o Euro2016 e para Mundial2018, em que foi penúltimo classificado do seu grupo.

A única vez que a Lituânia esteve perto do apuramento para o Europeu foi em 1996, quando ficou em terceiro lugar do seu grupo, atrás de Croácia e Itália.

Portugal somou goleadas nas duas vezes que defrontou a Lituânia em jogos particulares, ambas em casa, com 5-1 em 2000, e 4-1 em 2004.

Por ter vencido o seu grupo na Liga das Nações, Portugal ficou integrado num dos quatro grupos com cinco equipas, num apuramento em que os dois primeiros de cada 'poule' garantem a presença na fase final.

A qualificação do Euro2020 realiza-se entre 21 de março e 19 de novembro de 2019, com as últimas quatro vagas a serem decididas num 'play-off', entre 26 e 31 de março de 2020, entre os vencedores dos agrupamentos da Liga das Nações, nos quais se inclui Portugal, se não conseguirem o apuramento direto. No caso de conseguirem, as vagas nos ‘play-offs’ serão ocupadas por ordem da classificação na Liga das Nações.

Pub