(Lusa) – O Benfica em crise recebe hoje o Ajax na Liga dos Campeões em futebol, num jogo a que a equipa ‘encarnada’ chega pressionada, com três derrotas consecutivas e a Europa em risco.

Desde 2010, no segundo ano de Jorge Jesus, que o Benfica não acumulava uma série tão negativa, após as recentes derrotas na I Liga com Belenenses fora (2-0) e Moreirense em casa (3-1), e na ‘Champions’, em Amesterdão (1-0).

O impensável desaire na sexta-feira em casa, com o Moreirense, fez alguns adeptos presentes na Luz mostrarem ao treinador Rui Vitória lenços brancos de despedida, num clima que transforma o jogo de hoje numa prova de fogo para o técnico.

Na memória 'encarnada' está ainda a dececionante prestação na última edição da ‘Champions’, com seis derrotas nos seis jogos da fase de grupos, e hoje, na Luz, só uma vitória deixa Benfica ainda a depender de si.

Uma derrota afastará, a duas jornadas do final desta fase, a equipa dos oitavos de final da competição, se o Bayern Munique confirmar o seu favoritismo e vencer em casa os gregos do AEK Atenas.

No grupo E, o Bayern Munique e Ajax lideram com sete pontos, enquanto o Benfica tem três pontos, resultantes do triunfo em casa do AEK (3-2), e os gregos não têm qualquer ponto.

Nas escolhas para o jogo de hoje, Rui Vitória chamou 21 jogadores e terá ainda que prescindir de pelo menos três, numa lista a que o croata Krovinovic regressa após nove meses de ausência por lesão.

De regresso está também o internacional suíço Seferovic, que tinha falhado o jogo da Liga com o Moreirense, devido a queixas físicas.

O jogo entre ‘encarnados’ e Ajax terá início às 20:00, com arbitragem do italiano Ginaluca Rocchi.

Pub