Desporto

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

(Lusa) - O treinador do Flamengo, o português Jorge Jesus, confirmou hoje que o teste realizado à Covid-19 "deu positivo" e que vai ficar de quarentena, embora ressalvando sentir-se "uma pessoa completamente normal, sem sintomas nenhuns".

"É verdade que o meu teste deu positivo, mas também é verdade que me sinto normal. Hoje, sinto-me exatamente como me sentia há um mês, há um ano, há dois, três ou quatro. Sinto-me uma pessoa completamente normal, não vejo sintomas nenhuns, mas é verdade que tive o teste positivo. Vou ficar de quarentena", revelou o técnico, através de um vídeo divulgado na rede social Instagram.

Jesus, de 65 anos, deixou um agradecimento a todos, mostrando-se "muito confiante" de que "mais semana, menos semana, tudo voltará à normalidade".

O Flamengo já tinha informado, em comunicado, que Jorge Jesus tinha obtido um resultado "positivo fraco ou inconclusivo" ao teste da Covid-19 e que iria realizar uma outra prova para despiste.

O também campeão da Taça dos Libertadores referiu que o treinador português "está sob os cuidados do departamento médico do Flamengo e apresenta quadro estável de saúde".

Na mesma nota, o clube brasileiro indica que os atletas, equipa técnica e funcionários ligados ao futebol foram igualmente submetidos a testes, mas tiveram um resultado "negativo".

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Últimos Tweets

Covid-19: Pelo menos 560 mil mortos e mais de 12,5 milhões de infetados no mundo https://t.co/Y4V0Wp3koO
Inéditos de Amália gravados em Paris são editados dia 23 https://t.co/79UsmNbN25
Livraria TFM – um espaço emblemático da cultura lusófona na Alemanha https://t.co/rSuK0wnc2I
Follow Jornal das Comunidades on Twitter