Taxas Euribor renovam mínimos de sempre a seis e 12 meses e sobem a três meses

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) – As taxas Euribor subiram hoje a três meses e desceram, para novos mínimos de sempre, a seis e a 12 meses em relação a segunda-feira.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, desceu hoje para -0,362%, menos 0,001 pontos, um novo mínimo de sempre.

O atual valor máximo desde julho de 2018 da Euribor a seis meses, de -0,227%, foi registado em 27 de março.

No prazo de 12 meses, a taxa Euribor recuou para -0,311%, menos 0,004 pontos, um novo mínimo de sempre.

A Euribor a 12 meses subiu até ao atual máximo desde julho de 2018, de -0,108%, pela primeira vez em 06 de fevereiro.

A Euribor a três meses subiu hoje para -0,373%, menos 0,001 pontos, depois de ter descido até ao mínimo de sempre, de -0,375%, em 19 de julho.

O atual máximo desde julho de 2018 da Euribor a três meses, de -0,306%, foi registado pela primeira vez em 24 de janeiro.

As taxas Euribor a três, a seis e a 12 meses entraram em terreno negativo em 2015, em 21 de abril, 06 de novembro e 05 de fevereiro, respetivamente.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

Amazónia: Macron acusa Bolsonaro de mentir e diz-se contra o acordo UE-Mercosul https://t.co/pG3CBaXmRt
PSP convencida de “policiamento de sucesso” em Benfica-FC Porto de risco elevado https://t.co/NCqs4FgWrc
Amazónia: Bruxelas está “profundamente preocupada” e apoia debate pedido por Macron https://t.co/xLU3RY97Uj
Follow Jornal das Comunidades on Twitter