FMI mais otimista vê excedente em 2020 e mantém défice de 0,2% este ano

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) – O FMI reviu em alta a previsão para o saldo orçamental de Portugal em 2020, esperando um excedente de 0,1% do PIB, e manteve a previsão do défice de 0,2% este ano, apesar da injeção no Novo Banco.

“O défice orçamental deve cair em 2019, apesar da injeção de capital maior do que o esperado no Novo Banco", lê-se no relatório da missão do FMI a Portugal ao abrigo do Artigo IV, onde a instituição mantém a sua previsão de maio, de um défice de 0,2% do PIB este ano, “uma melhoria” em comparação com o défice de 0,5% registado em 2018.

No relatório com a revisão anual sobre a economia portuguesa, a instituição adianta que “o custo acima do esperado com a injeção de capital no Novo Banco vai aumentar os compromissos de despesas em 0,4% do PIB acima do previsto para aquela finalidade”.

O FMI adianta que antecipa, contudo, que a meta do défice de 0,2% do PIB este ano, o mesmo valor previsto pelo Governo, seja alcançada, “em grande parte através de investimentos de capital mais baixos do que o previsto” e das receitas dinâmicas.

Para 2020, o FMI reviu em alta a sua estimativa de maio para o saldo orçamental no próximo ano, de um défice nulo para um excedente de 0,1% do PIB, ainda assim abaixo da previsão do Governo para 2020, de um excedente de 0,3% do PIB.

O Artigo IV do FMI prevê que sejam feitas análises às economias dos membros do Fundo, geralmente todos os anos.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
5
6
7
8
12
15
16
17
18
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

FALECEU A FADISTA TERESA TAROUCA https://t.co/yYAgFXhdlv
Vai voltar a vida ao forte da Ínsua? https://t.co/maEWJIucmm
PAN organiza evento sobre recursos piscícolas e a necessidade de regulamentar a sua proteção https://t.co/uj6df0EuO1
Follow Jornal das Comunidades on Twitter