Portugal coloca 1.750 ME em dívida a seis e 12 meses a juros mais baixos

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 (Lusa) - Portugal colocou hoje 1.750 milhões de euros, montante máximo anunciado, em Bilhetes do Tesouro (BT) a seis e 12 meses, com taxas de juro negativas e a descerem face aos anteriores leilões comparáveis, foi anunciado.

Segundo a página da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) na agência Bloomberg, a 12 meses foram colocados 1.250 milhões de euros em BT à taxa de juro média de -0,360%, de novo negativa e inferior à registada em 21 de novembro, quando foram colocados 650 milhões de euros a -0,327%.

A seis meses foram colocados hoje 500 milhões de euros em BT à taxa média de -0,399%, mais negativa do que a verificada em 21 de novembro, quando foram colocados 350 milhões de euros a -0,369%.

A procura atingiu 2.275 milhões de euros para os BT a 12 meses, 1,82 vezes superior ao montante colocado, e 1.000 milhões de euros para os BT a seis meses, o dobro do montante colocado.

Portugal regressou hoje ao mercado para emitir entre 1.500 e 1.750 milhões de euros nos primeiros leilões deste ano de BT com maturidades em julho de 2019 (seis meses) e em janeiro de 2020 (12 meses).

Em 17 de janeiro de 2018, as taxas de juro médias dos BT a seis e 12 meses caíram até aos mínimos de sempre de -0,425% e -0,398%, respetivamente.

As necessidades de financiamento líquidas do Estado para este ano deverão situar-se em cerca de 8,6 mil milhões de euros.

Pub


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Últimos Tweets

FALECEU A FADISTA TERESA TAROUCA https://t.co/yYAgFXhdlv
Vai voltar a vida ao forte da Ínsua? https://t.co/maEWJIucmm
PAN organiza evento sobre recursos piscícolas e a necessidade de regulamentar a sua proteção https://t.co/uj6df0EuO1
Follow Jornal das Comunidades on Twitter