Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Costa à comunidade portuguesa em França: "comme d’habitude, cá vos esperamos no verão"

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O primeiro-ministro, António Costa, recebeu hoje a garantia do Presidente francês, Emmanuel Macron, de que não será imposta qualquer medida de quarentena aos portugueses que regressem a França através da fronteira terrestre com Espanha.

"Num gesto de amizade e de profundo reconhecimento pela Diáspora portuguesa em França, Emmanuel Macron garantiu-me hoje que nenhuma medida de quarentena será aplicada aos nossos concidadãos que se apresentem na fronteira terrestre com Espanha de regresso a casa", escreveu o líder do executivo português na sua conta oficial do Twitter.

Numa mensagem na mesma rede social, Costa acrescentou de seguida: "À França: o nosso sentido agradecimento. À Comunidade portuguesa em França: comme d’habitude, cá vos esperamos no verão".

António Costa tinha revelado esta manhã aos jornalistas que manteve "uma longa conversa telefónica" com o chefe de Estado francês, Emmanuel Macron, sobre o plano europeu de resposta à crise económica e social criada com a pandemia da COVID-19, depois de ter falado nos últimos dias com a chanceler alemã, Angela Merkel, e com a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen.

O primeiro-ministro português comentava o plano franco-alemão para a criação de um fundo de recuperação europeu de 500 mil milhões de euros baseado em subvenções, que classificou como "uma excelente proposta", apesar de advertir que há "importantes" aspetos em aberto.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

COVID-19: Cientista da UC avalia os prós e contras do uso de aplicações móveis no combate à pandemia https://t.co/0RdZX1Ylwc
COVID – 19 “OBRIGA” A EMENTAS ELECTRÓNICAS (Ponte de Lima) https://t.co/sSzatRExMF
Desconfinamento e agora? Posso voltar a "casa"? https://t.co/VL8CkYrcNn
Follow Jornal das Comunidades on Twitter