Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Sindicato denuncia dificuldades dos trabalhadores consulares e das missões

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) – O Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas (STCDE) alertou hoje para o impacto agravado dos cortes da administração pública que continua a atingir os trabalhadores consulares e a falta de proteção social a que alguns estão sujeitos.

Esta organização sindical vai hoje transmitir aos deputados da Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas as suas apreensões em relação a estes trabalhadores que “continuam a sofrer os impactos agravados dos cortes na administração pública”.

Rosa Ribeiro, dirigente do STCDE, disse à agência Lusa que estes cortes tiveram efeitos ampliados nos trabalhadores dos consulados que vivem e trabalham em países onde o nível de vida é muito mais caro.

“Não nos podemos esquecer que, em 2012 e 2013, o que se verificou na administração publica em Portugal teve um efeito multiplicado nestes trabalhadores que viram aplicados cortes numa realidade diferente”, adiantou.

A juntar a estas dificuldades, o sindicato enumera mais de 10 anos sem atualizações salariais, o que aumentou a perda acumulada do poder de compra destes trabalhadores.

Os representantes sindicais estão igualmente preocupados com a ausência de qualquer tipo de segurança social com que se deparam alguns trabalhadores consulares e das missões diplomáticas em países onde o sistema de proteção social dos funcionários públicos (ADSE) nada vale.

Neste encontro com os deputados, o sindicato vai igualmente dar a conhecer a situação dos funcionários do consulado geral de Portugal em São Paulo, no Brasil, que motivou um abaixo-assinado, no qual denunciam dificuldades económicas e laborais.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

FEIRAS NOVAS DE PONTE DE LIMA, NA FINAL DAS MARAVILHAS DE PORTUGAL https://t.co/LiJKxOBe2T
Covid-19: Cabo Verde perde 20 mil empregos e vê desemprego disparar para quase 20% https://t.co/puZyiMcaRm
Covid-19: Menos 902 mil consutas hospitalares e 85.000 cirurgias até maio https://t.co/V4UI8KwYvW
Follow Jornal das Comunidades on Twitter