O filme, da realizadora e artista visual brasileira, residente na Bélgica, “Bruxelles, Terre D’accueil?”, será projectado no âmbito “Quem sou eu no Mundo”, o primeiro de seis eixos temáticos, que visam abordar e debater os vários ângulos da Migração no espaço Lusófono, que este ano conta com 21 documentário, entre longas e curtas e metragens.

Num universo de mais de 180 nacionalidade que coexistem em Bruxelas e com uma longa tradição de acolhimento, o documentário “dialoga com 16 emigrantes que chegaram a Bruxelas originários de todo o mundo, em tempos diferentes e migrado por diversas razões”, foi produzido para integrar a exposição temporária homônima, no Museu Judaico, em 2017.

A sessão, aberta ao público, decorrerá na Maison des Cultures de Saint Gilles, com a presença da realizadora e demais convidados, no dia 5 de Novembro, pelas 19h.

O Cine Luso Espirito Mundo vai acontecer de 5 a 23 de Novembro.

 

Pub

Tony Da Silva
Director o luso.eu e operador de camera na CBN News / Jornalismo
Pode ler mais sobre este colaborador

Entre em contacto :  Tony da Silva Perfil: Info

Artigos deste Autor: