Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

A Mesa Redonda da Comunidade

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Tony Da Silva

A Mesa Redonda da Comunidade teve lugar ontem, 15 de Março, no Parlamento da Região de Bruxelas Capital.
Iniciativa do nosso Conselheiro das Comunidades Portuguesas, Pedro Rupio, cujo mote foi “O nosso contributo para Portugal”,

Cujas intervenções antes do início dos trabalhos do Ministro de Estado e Presidente da Região de Bruxelas-Capital, Senhor Charles Picqué, do nosso Embaixador, António Vasco Machado e da Sra. Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques, demonstraram a relevância e o contributo que a comunidade Portuguesa representa na comunidade Belga, e o quão importante é a participação cívica no país de integração.

Estiveram também presentes, e partciparam no strabalhos, a Sra. e os Srs. Deputados, Marisa Matias, Carlos Zorrinho, João Pimenta Lopes e António Marinho e Pinto.
Burgomestre da comuna de Saint-Gilles, Charles Picqué, manifestou o carinho que sente pela comunidade Portuguesa, “tímida”, de suas palavras, e da qual espera um maior envolvimento na esfera social e política num futuro próximo.

O trabalho foi desenvolvido sobre 11 temáticas, Assuntos Consulares, Ensino, Cultura, Nova Emigração, Assuntos Europeus, Movimento Associativo, Participação Cívica, Lusofonia, Empreendedorismo, Comunicação Social e Turismo.
Cada um dos painéis analisou e debateu questões que, na opinião dos coordenadores e participantes, configurariam as questões sensíveis às quais dar respostas, no sentido de trabalhar e adaptar meios para que essas mesmas respostas venham a ser, na prática, concretizadas.

Todos os coordenadores tiveram dificuldade em se limitar aos 3 minutos previstos para a apresentação de conclusões, o que é demonstrativo da qualidade do trabalho desenvolvido em menos de 2 horas, tratando-se que foi de sínteses resumidas.

As conclusões dos trabalhos serão brevemente publicadas.
A esta inciativa seguir-se-ão outras, certamente, pois o sentimento comum é de que este é um trabalho, um investimento, de continuidade.
Portugal é um País de uma enorme dimensão, e o contributo das suas comunidades para com os países de integração, neste caso a Bélgica, é uma acção de grande abrangência nos mais diversos domínios, cujo retorno apenas engrandeçe e enobrece não só a nossa comunidade, como também aquelas que nos acolhem.

Pub

Portal Luso
Author: Portal Luso
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.
Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

FEIRAS NOVAS DE PONTE DE LIMA, NA FINAL DAS MARAVILHAS DE PORTUGAL https://t.co/LiJKxOBe2T
Covid-19: Cabo Verde perde 20 mil empregos e vê desemprego disparar para quase 20% https://t.co/puZyiMcaRm
Covid-19: Menos 902 mil consutas hospitalares e 85.000 cirurgias até maio https://t.co/V4UI8KwYvW
Follow Jornal das Comunidades on Twitter