NOTA! Luso.eu usa cookies e tecnologias similares. Se você não alterar as configurações do navegador, você concorda com isso.

Saiba mais aqui

Compreendi
Pub
Previous Next

PORTUGAL NA CATEDRAL DE S. PEDRO EM GENEBRA

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

INAUGURAÇÃO DA CAPELA DE PORTUGAL NA CATEDRAL DE S. PEDRO EM GENEBRA

No dia 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, foi inaugurada a Capela de Portugal, pela Fudação das Chaves de São Pedro e Consulado Geral de Portugal em Genebra.

Um momento solene e grandioso e para muitos surpreendente, pelo desconhecimento d a sua existência. Esta capela que foi reabilitada na Catedral de São Pedro e onde estão os restos mortais de 2 princesas portuguesas. Os historiadores presentes, que fizeram a apresentaçâo histórica, Isabelle Brunier (em francês) e Flávio Borda d´Agua (em português), referiram que se pensa ainda existir o corpo de outra princesa ali sepultada, segundo reza a lenda, mas que não existe documentação suficiente para o provar. Extraordinário e excepcional pois era impensável que as autoridades Genebrinas da época (1639) o permitissem.

Emilie D’Orange Nassau, Emília de Nassau, casou com D, Manuel com o título de « Princípe de Portugal »tornando-se portuguesa . A princesa Maria Belgia viveu também em Genebra até falecer a 29 de Junho de 1647, com 47 anos sendo depois então aqui sepultada junto a sua mãe. Sabe-se que as exéquias foram feitas com fausto, com a presença das diversas cortes da Europa. As lápides têem o escudo de Portugal e da Holanda pois a princesa Emília de Nassau também tinha ascendência holandesa.

As obras de reabilitação que se iniciaram com a anterior Cônsul-Geral, dra Maria de Fátima Mendes foram retomadas com o maior interesse já com a responsabilidade do Senhor Cônsul-Geral de Portugal em Genebra, Dr Miguel de Calheiros Velozo quando contactado para o efeito, pelo Director da Fundação das Chaves São Pedro que gere a Catedral . Foram instaladas na Capela de Portugal, peças de mobiliário sacro, de madeira nobre, concebidas pelo Arquitecto Álvaro Siza Vieira.

Esta capela, situada do lado esquerdo do altar-mor da Catedral de São Pedro, tem uma área de seis metros por quatro, com três bancos, um altar e uma cruz estilizada. Os patrocinadores do projecto foram três bancos : Montepio Geral, Santander Totta e Novo Banco.
Dado o enorme interesse e mobilizaçâo por parte do Consulado e Sr Cônsul-Geral de Portugal em Genebra, a Fundação das Chaves de São Pedro tudo fez para que neste ano e no dia 10 de Junho a inauguração pudesse ter lugar, o que aconteceu.

Presentes, a comunidade civil e vários convidados como o Ministro da Cultura Dr Luis Castro Mendes e entidades do Conselho de Estado e Municipais suiços.
A capela foi inaugurada pelo Senhor Embaixador de Portugal em Berna, António Ricoca Freire e filmada e transmitida no centro da catedral.
Este projecto histórico, que destaca a presença de duas princesas portuguesas que residiram em Genebra no século XVII, veio reabilitar e dar vida a um espaço que servirá a muitos milhares de visitantes que o pretendam, de um local singular de recolhimento.

A Catedral de São Pedro está situada no centro histórico de Genebra e é desde 1535 a principal igreja protestante da cidade, sendo um dos símbolos da cidade de Genebra a que Portugal fica desta forma ligado num dia particularmente especial da sua História.

Pub

Ana Casanova
Author: Ana Casanova
Colaboradora / Correspondente
Pode ler mais sobre este colaborador
Pode ler mais sobre este colaborador

Entre em contacto : Ana Casanova Perfil: Info

Artigos deste Autor:

Últimos Tweets

Fogo florestal em Guimarães em resolução https://t.co/RGW9kY1SbC
Fogo florestal em Guimarães em resolução https://t.co/1b9NW5hClH
Génova: Governo italiano declarou "estado de emergência" por 12 meses https://t.co/g9PDazKxT2
Follow Jornal das Comunidades on Twitter