Fiéis católicos em peregrinação ao Mato Inglês

(Luso in Cabo Verde ) Neste 13 de maio, em São Vicente, os fiéis católicos rumaram ao Mato Inglês, local onde se encontra a capela de Fátima, em peregrinos com a imagem de Nossa Senhora de Fátima.

Pela manhã, a partir da rotunda de Ribeira Bote, onde se deu a concentração, os fiéis começaram a caminhada passo a passo cantando e rezando.
O caminho é longo, cerca de 8 kms da cidade percorridos a pé mas a alegria é muita como relatam alguns peregrinos.
Raquel uma das peregrinas disse que todos os anos vai ao Mato Inglês em peregrinação “tenho muita fé em nossa senhora de Fátima. Gosto de acompanha-la na procissão, por isso venho todos os anos”

Cecília é de santo Antão mas desde que chegou a São Vicente vai todos os anos há mais de 30 anos “Estou a gostar da caminhada. Sinto feliz, sinto coisas que não posso explicar. Quando chegar lá vou acender uma vela, assim faço todos os anos”
Chegando lá, ao Mato Inglês, apesar de algum cansaço via-se alegria no rosto dos peregrinos e cada um procura o seu lugar, para no conforto possível, participar na missa.

A celebração eucarística foi presidida pelo padre Benvindo. Na sua homilia falou da necessidade dos cristãos serem mais peregrinos do coração do que do caminhar.
“Hoje fomos peregrinos, ou seja, caminhando lado a lado para o encontro misericordioso com Deus, mas precisamos ser, mais ainda, peregrinos do coração e do amor seguindo o mandato: ide pelo mundo, falar ao coração de cada homem, e desperta-lo para salvação gratuita de Deus”. Acrescentou na sequência que a nossa própria ascensão depende da nossa capacidade de fazermos com que todo o homem conheça Jesus, de sermos portadores de uma mensagem de paz e transformadora do homem.

O Padre Benvindo diz ser uma feliz coincidência celebrar hoje a Ascensão do Senhor, o 13 de maio e o dia da comunicação social. Esta coincidência disse o padre, nos vem chamar atenção para alguns aspetos importantes da nossa vida. “Que peregrino é que eu sou? Sou um peregrino de cada dia ou um peregrino de ano em ano. Se eu faço esta caminhada com cristo todos os dias ou se hoje completou um ano que cá vim e venho outra vez” acrescentou ainda que “muitas vezes viemos só com pedidos e nunca para dar e na verdade o que precisamos, muito mais do que pedir, é vir para dar”.
Seja como for, cumpriu-se mais uma romaria ao Mato inglês.

Pub
 

 

Maria do Carmo
Jornalista / colaboradora com carteira nº 014/2016 e carteira da FIJ - nº CV368
Pode ler mais sobre este colaborador
Artigos deste Autor: