Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Suíça, um dos países mais afetados no mundo pela Covid-19

ID:N°/ Texto: 4974
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Suíça é um dos países no mundo mais afetados pelo novo vírus COVID-19. Com uma área de cerca de 41'300m2 e os seus 8,5 milhões de habitantes, conta já com mais de 16'900 pessoas testadas positivo e 450 mortes. Em termos proporcionais coloca este país em segundo lugar no ranking mundial, logo a seguir à Espanha. 

Este pequeno país vive agora uma situação de epidemia, tendo sido declarada situação de emergência. Os militares foram mobilizados para apoiar as autoridades de segurança e o sistema de saúde. Também as fronteiras viram o seu controle mais apertado, passando apenas pessoas que mostrem trabalhar no país, bem como transportes de cargas.

A cada 24 horas, centenas de pessoas são infetadas e os números continuam a subir sem abrandamento à vista, pelo que a atenção do governo federal está concentrada no sistema de saúde e principalmente na economia. Que já antecipam momentos de grande dificuldade após a epidemia ser controlada.

A pressão sobre o sistema de saúde aumenta, sendo que já há registos de hospitais que começam a chegar ao limite da sua capacidade em termos de cuidados intensivos, pelo que alguns pacientes que precisavam de operações urgentes, tiveram de ser transportados para outros hospitais dentro do país.
Uma das medidas para lutar contra esta epidemia passa pela orientação dos hospitais do país terem de informar quantas camas de emergência têm disponíveis para pacientes com coronavírus. No total, o país dispõe de 82 unidades de terapia intensiva (UTIs) com 950 a 1000 camas, das quais cerca de 850 estão equipadas com respiradores.

Também os hospitais e lares de idosos na Suíça proibiram a visita aos seus parentes mais vulneráveis. Restrições foram impostas na circulação a todos os países do Espaço Schengen e o governo está em permanente diligência para repatriar turistas suíços que estejam retidos no estrangeiro.

O governo federal, com o objectivo de ajudar a economia de forma rápida e não burocrática, tem tido como prioridade a garantia de que todos continuem a receber os seus salários. Para isso, lançou um pacote de ajuda de 42 bilhões de francos suíços. Até ontem dia 30 de Março, já tinham sido concedidos cerca de 6,6 bilhões de francos suíços em empréstimos de emergência a cerca de 32'000 empresas e cerca de 16% dos trabalhadores estão em modo de trabalho com horário reduzido, no qual o Estado participa com a uma parte do vencimento.

O Conselho Federal classifica a situação na Suíça como "especial" nos termos da Lei sobre Epidemias, o que lhe dá autoridade para tomar decisões pelos 26 cantões e impor medidas de ordem. É a primeira vez que o dispositivo é utilizado.

O Conselho Federal recomenda, ainda, que a população fique em casa, especialmente pessoas com problemas de saúde e as pessoas com mais de 65 anos. Apenas aqueles que têm de ir trabalhar ou ao médico, ir às compras ou ajudar outras pessoas podem sair de suas casas. Estas medidas foram concebidas para proteger as pessoas mais vulneráveis e para evitar a sobrecarga das unidades de cuidados intensivos hospitalares.

Como essas recomendações, assim como a recomendação de manter a distância não foram totalmente observadas, o Conselho Federal decidiu proibir concentrações de mais de cinco pessoas em espaços públicos, em particular em praças públicas e em parques. Para reuniões de cinco pessoas ou menos, deve ser mantida uma distância mútua de pelo menos dois metros. A polícia pode multar as pessoas que não cumprirem estas disposições.

Até à data os principais eventos do país já foram cancelados, tais como o Salão Internacional do Automóvel de Genebra, a feira de relógios Baselworld, o Festival de Cinema de Fribourg e o Festival Internacional de Cinema e o Fórum de Direitos Humanos em Genebra. Todos os principais jogos suíços de futebol e hóquei no gelo também foram cancelados, assim como inúmeros eventos sociais e culturais locais.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Últimos Tweets

10 de Junho celebrado nos Jerónimos com discursos de Tolentino Mendonça e do PR https://t.co/zkSB3weNLB
3 milhões de euros para formar futuros investigadores em Meteorologia Espacial e Física Solar https://t.co/1c60a5gU0g
Luso-americanos de Nova Iorque preparam Dia de Portugal ‘online’ https://t.co/Mf7UsnWJZK
Follow Jornal das Comunidades on Twitter