Pilar del Rio esteve em Bruxelas para falar de José Saramago (Prémio Nobel da Literatura 1998) e da sua obra “Alabardas, alabardas”

Votos do utilizador: 1 / 5

Estrela ativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Numa entrevista conduzida por Lode Delputte, Pilar del Rio falou do trabalho da Fundação José Saramago (sediada na Casa dos Bicos em Lisboa) a que preside e do papel da fundação enquanto lugar guardião das ideias e do pensamento crítico do autor.

“Somos uma Fundação que respeita a obra e a vida de José Saramago, o que significa que estamos atentos às vozes do mundo, à beleza que os homens podem produzir e à dor e ao isolamento que sofrem, e por isso cada dia tratamos de fazer com que o conceito de esperança seja algo mais que um vocábulo vazio e retórico”, explicou.

Falou também do romance “Alabardas, alabardas”, obra que José Saramago deixou inacabada, que só foi publicada postumamente (2014) e que agora foi traduzida para neerlandês por Harrie Lemmens.

Escrito numa altura em que já se encontrava gravemente doente, e com a consciência de que lhe restaria muito pouco tempo de vida, a prosa viva em nada denuncia o estado de fragilidade do seu autor. Antes nos revela um homem ainda e sempre preocupado com as questões éticas que, usando como argumento o complexo e áspero mundo da produção de armas, nos obriga a refletir sobre um mundo em que os homens se destroem uns aos outros: pode um trabalhador de uma empresa produtora de armas ser um cidadão exemplar ainda que cumpra todos os seus deveres e obrigações?

 As  ilustrações da obra são de Günter Grass, um escritor que também foi agraciado com o Nobel da Literatura em 1999.

Pub


The Sol Ar Vinhos de Portugal

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21

Pub Google

Últimos Tweets

Todos somos Comunidade Portuguesa. https://t.co/sv8zIjo8SI
Seca: Racionamento de água é medida "no fim da linha", ministro do Ambiente https://t.co/c4TK8G3cax
Pantominice https://t.co/v1nwAJCFZg
Follow Luso.be - Bélgica on Twitter