Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades Portuguesas - Ministério da Educação integra mais de 2.400 professores nos quadros
sexta-feira, 01 março 2024

PROMESSAS ELEITORAIS

Mar. 01, 2024 Hits:96 Opinião

CANDIDATOS DO PS NA FEIRA…

Fev. 29, 2024 Hits:353 Opinião

Não cedamos à facilidad…

Fev. 29, 2024 Hits:342 Opinião

Quero ser uma árvore

Fev. 24, 2024 Hits:664 Crónicas

Morre Navalny mas não a …

Fev. 24, 2024 Hits:204 Opinião

COMPETÊNCIA CÍVICA

Fev. 15, 2024 Hits:382 Crónicas

UNIVERSITAS

Fev. 14, 2024 Hits:294 Crónicas

CIDADÃO DECISOR

Fev. 10, 2024 Hits:258 Crónicas

Desconsideração políti…

Fev. 09, 2024 Hits:640 Opinião

Haja diferenças!

Fev. 07, 2024 Hits:326 Opinião

O Homem: um ser limitado

Fev. 06, 2024 Hits:305 Crónicas

O BANCO NOVO

Fev. 06, 2024 Hits:436 Crónicas

Entre a Esperança e a In…

Fev. 04, 2024 Hits:250 Opinião

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Fev. 04, 2024 Hits:368 Crónicas

Ministério da Educação integra mais de 2.400 professores nos quadros





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor!


(Lusa) - Mais de 2.400 professores passaram a integrar os quadros do Ministério da Educação através do concurso externo, informou hoje a tutela.

No total, são 2.455 os docentes que reuniram as condições para vincular através da chamada “norma-travão”, incluindo 31 docentes do ensino artístico especializado da música e da dança, segundo as listas publicadas hoje na página da Direção-Geral da Administração Escolar.

“Movimentaram-se no concurso interno cerca de 12.500 docentes, em resultado das vagas abertas pela primeira vez e também pela libertação decorrente da movimentação interna”, refere ainda o Ministério da Educação em comunicado.

Entre os concursos externo e interno, incluindo os do ensino artístico especializado da música e da dança, houve cerca de 72.000 candidatos.

Segundo a tutela, os docentes que ficaram de fora “mantêm-se para o concurso de contratação inicial, bem como para as sucessivas reservas de recrutamento, ao longo do ano letivo, devendo para isso manifestar preferências de 19 a 23 de julho através do Sistema Interativo de Gestão de Recursos Humanos da Educação (SIGRHE)”.

Com a publicação das listas definitiva do concurso externo, inicia-se agora o período de aceitação da colocação e apresentação de recurso hierárquico.

“O ano letivo de 2021/2022 iniciar-se-á com o corpo docente mais estabilizado e com um sistema mais ajustado às necessidades permanentes determinadas pelas escolas”, conclui o Ministério.

Este ano, o Governo aumentou o número de vagas para o concurso externo que permite a integração nos quadros de educadores de infância e docentes, elevando em mais de 200% os lugares disponibilizados no ano passado, que eram apenas 872, ampliando também o número de vagas apuradas para o concurso interno.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos



Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades
Partilhe o nosso conteúdo!

A nossa newsletter

Jornal das Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 273  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

Top News Embaixada

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
30
31
 
 
0
Partilhas
0
Partilhas