sexta-feira, 19 agosto 2022

(ENGIE)nharia jurídica

Ago. 13, 2022 Hits:69 Opinião

O REI DOS CATALISADORES (…

Ago. 09, 2022 Hits:134 Opinião

A IGREJA QUE NÃO ACREDIT…

Ago. 08, 2022 Hits:430 Opinião

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:154 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:296 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:243 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:104 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:109 Crónicas

É PROIBIDO NASCER EM AGO…

Jul. 29, 2022 Hits:697 Opinião

Fórum Internacional em Portugal terá a Fundação CEPERJ a representar o Brasil





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (CEPERJ) será o único órgão governamental brasileiro a ter destaque no Fórum de Tecnologia Sustentável, evento que reunirá líderes de 354 países em Portugal.

O ENGAGE 2022 vai decorrer nos dias 14 e 15 de junho e contará com a presença de Gabriel Lopes, presidente da CEPERJ.

Durante os dias do evento, Gabriel Lopes irá representar a Fundação nesse Fórum. Este responsável será um dos palestrantes e apresentará a Infraestrutura de Dados Espaciais (IDE.RJ), nova ferramenta de gestão de dados desenvolvida pela CEPERJ em parceria com a empresa Codex, “que visa modernizar a gestão de dados do Estado do Rio de Janeiro”.

Segundo apurámos, “a Infraestrutura de Dados Espaciais (IDE.RJ) promete a implantação inédita, transformando o Rio de Janeiro no único Estado da América Latina com cobertura de imagens de satélite, com 15cm de HD. A plataforma terá integração com o observatório dos objetivos de desenvolvimento sustentáveis para a agenda da ONU 2030 do Estado do Rio”.

“O IDE.RJ permite que os gestores públicos tenham acesso a informações robustas e ferramentas de planeamento e gestão territorial, como, por exemplo, a identificação de áreas de expansão urbana, situação da malha viária, crescimento urbano desordenado, loteamentos irregulares, áreas de expansão industriais, entre outros. Essa é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento do Estado e adoção de políticas públicas baseadas em dados”, explicou Gabriel Lopes, presidente do CEPERJ.

Ainda de acordo com Gabriel Lopes, a falta de intercâmbio entre os dados estaduais acabou gerando uma certa “inoperabilidade das informações. Não raro, havia diferentes interpretações a respeito de uma mesma área, gerando decisões distintas ou mesmo contraditórias na atuação dos diversos órgãos do Estado”.

“A Infraestrutura de dados espaciais (IDE.RJ) trará a organização e disponibilização destes dados em local único, oficial e acessível, garantindo o melhor ordenamento do armazenamento, do tratamento, da atualização e da disseminação dos mesmos, contribuindo para maior disponibilidade, agilidade, transparência e segurança na atuação de todos os atores interessados”, ressaltou Gabriel Lopes.


Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 797 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31