segunda-feira, 15 agosto 2022

(ENGIE)nharia jurídica

Ago. 13, 2022 Hits:32 Opinião

A IGREJA QUE NÃO ACREDIT…

Ago. 08, 2022 Hits:382 Opinião

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:80 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:270 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:230 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:81 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:103 Crónicas

É PROIBIDO NASCER EM AGO…

Jul. 29, 2022 Hits:673 Opinião

Entrada de portugueses no Luxemburgo recupera e é a maior desde 2013





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O número de portugueses que entraram no Luxemburgo aumentou em 2021, após cair em 2020, e atingiu um recorde desde 2013, recuperando uma tendência de crescimento que se verificava desde 2017, revela uma análise hoje divulgada.

Citando dados do Portal de Estatísticas do Luxemburgo, a análise do Observatório da Emigração indica que em 2021 entraram 3.885 portugueses no Luxemburgo, o que representa 15,3% dos 25.335 estrangeiros que entraram no país naquele ano.

O número de entradas de portugueses no país em 2021 representou um aumento de 18,2% face a 2020, ano em que tinham entrado 3.286 portugueses no Luxemburgo.

Na análise da investigadora Inês Vidigal, do Observatório da Emigração, este aumento “tem a ver com a maior mobilidade que 2021 já permitiu”, mas “é uma continuação” de uma tendência de crescimento que tinha começado em 2017 e que foi interrompida em 2020 pelas restrições à mobilidade impostas pela pandemia de covid-19.

O Observatório da Emigração ressalva, no entanto, que, apesar do crescimento registado, a proporção de portugueses entre todos os emigrantes que entram no Luxemburgo tem vindo a cair, tendo passado de 29% em 2013 para 15,3% em 2021.

Segundo os dados disponíveis – entre 2000 e 2021 –, a entrada de portugueses no Luxemburgo teve o seu mínimo em 2000, com 2.193 entradas, e o seu máximo em 2012 (5.193 entradas).

Segundo Inês Vidigal, mantém-se a tendência de, para o Luxemburgo, emigrarem mais homens do que mulheres, sobretudo jovens adultos ativos na faixa etária dos 15 aos 39 anos.

Segundo o Relatório da Emigração 2020, apresentado em dezembro pelo observatório, o número de emigrantes portugueses em 2020 foi o mais baixo dos últimos 20 anos, um valor para o qual contribuiu a covid-19 e o ‘Brexit’.

O relatório indica que a emigração portuguesa caiu de 80 mil saídas em 2019 para 45 mil em 2020 e conclui que a redução foi geral, englobando praticamente todos os destinos tradicionais da emigração portuguesa.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1089 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31