Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
terça-feira, 07 dezembro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Sondagem

Os vacinados devem ter prioridade no acesso aos cuidados de saúde em relação aos não vacinados?
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
Total Votes:
First Vote:
Last Vote:

Covid-19: Diploma sobre uso obrigatório de máscara na Madeira entra em vigor sexta-feira



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

(Lusa) - O decreto legislativo que adapta à Região Autónoma da Madeira a lei do uso obrigatório de máscara em espaços públicos foi publicado hoje no Diário da República e entra em vigor na sexta-feira, pelo período de 30 dias.

O diploma, aprovado na quarta-feira no parlamento madeirense, determina o uso obrigatório de máscara de proteção à doença covid-19 por todos os cidadãos para o acesso, circulação ou permanência em espaços fechados, ou locais de acesso e vias públicas, sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável.

A obrigatoriedade comporta algumas exceções, como crianças até aos 5 anos de idade, pessoas incapacitadas, a prática desportiva ou a realização de atividade física ou de lazer que envolva esforço físico.

O decreto, que foi aprovado com os votos do PSD, CDS-PP, PS e JPP e teve a abstenção do PCP, estabelece que a fiscalização compete às forças de segurança e à Autoridade Regional das Atividades Económicas (ARAE), atribuindo-lhes também uma "função de sensibilização e pedagogia" para a importância da utilização de máscara sempre que o distanciamento físico se mostre impraticável.

A adaptação à região autónoma da Lei n.º 62-A/2020, de 27 de outubro, que estabelece o regime de imposição transitória da obrigatoriedade do uso de máscara em espaços públicos, tem em consideração o "exponencial aumento" de casos de infeção por SARS-CoV-2 a nível nacional e internacional, bem como a "elevada densidade populacional" no arquipélago da Madeira.

"Incumbe aos representantes máximos dos destinos da população da Região Autónoma da Madeira promover a salvaguarda da saúde pública da população, adotando medidas que contribuam para a contenção da epidemia reduzindo o risco de contágio e a progressão da doença covid-19", refere o diploma, sublinhando que a obrigatoriedade do uso de máscara em espaços públicos fora já prevista através de uma resolução do Governo Regional, em vigor desde 01 de agosto.

O decreto legislativo publicado hoje no Diário da República vigora pelo período de trinta dias, sendo prorrogado por iguais períodos, através de resolução do Conselho do Governo Regional, caso a situação pandémica o justifique.

De acordo com o Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE), o arquipélago da Madeira totaliza 202 infeções ativas, das quais 167 foram identificadas no contexto das atividades de vigilância implementadas no aeroporto e 35 são de transmissão local. Há também a registar um óbito por covid-19.

 

 


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 314 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS