Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

“ GASTRONOMIA DE PORTUGAL” COMEÇA NA CORRELHÃ (Ponte de Lima)

ID:N°/ Texto: 4542
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

14:40:38 Uma empresa de audiovisual com sede em Leiria, vai realizar documentários sobre a Gastronomia de Portugal, designadamente as iguarias do interior, especialmente do Minho e centro, no âmbito de pesquisas em curso.

Um esboço de guião e primeira troca de impressões com empresários do sector da restauração teve lugar no passado domingo no restaurante Fátima Amorim, na Correlhã, ás portas de Ponte de Lima.

Na mesa de trabalho, cuja conversa foi acompanhada dum Sarrabulho á moda de Ponte de Lima, participou o grupo e convidados: Carlos Romeira, produtor executivo ; o ex – eurodeputado na comissão de Segurança Alimentar e Saúde Pública em Bruxelas, José Inácio Faria; o Chef Manuel Viana Martins, que além de formador da área na Escola Profissional do Alto Lima (Epralima) e Instituto Nacional de Formação Turística esteve na Guiné Equatorial, Angola, EUA, Noruega e Malta; Diogo Nascimento, de Arcos de Valdevez, cozinheiro principal na conhecida Taberna da Benda, em Prozelo e antigo colaborador do Chef Michelin Vítor Matos; os anfitriões, D. Fátima, Paulo e Miguel Amorim; Filipe Matos, que ao fim de semana de descanso de bancário assume tarefas de cozinha e mesa, em Portugal e estrangeiro, entre outros.

O primeiro documentário abordará a tradição enogastronómica da freguesia da Correlhã, mormente o Arroz de Sarrabulho, Bacalhau e Pescada á Limiana, pratos de eleição dos conceituados restaurantes Fátima Amorim e Sonho do Capitão, com os enchidos tradicionais MinhoFumeiro, a poucos metros de distância. Mas, para bom comer também é necessário bom beber: o cardápio completar-se-á com o Vila Antiga, um Loureiro Medalha de Prata, também produzido na localidade.

Quanto ás restantes participações no filme, entre cozinheiros e apreciadores, elenquemos alguns deles: chefs António Loureiro, estrela Michelin de Portugal, proprietário de “ A Cozinha”, em Guimarães; Paulo Santos, da Casa de S. Sebastião em S. Pedro de Arcos, Ponte de Lima e Thomas Egger, o único GreenChef em Portugal, com serviços no nosso país, no seu (Aústria), Hungria, Alemanha e Bélgica, proprietário do “ Tábua d´Aço”, em Tabuaço, Douro.

Mas, a coordenação do documentário deseja também a participação de jovens promessas na culinária portuguesa como: André Rodrigues, eleito em Dezembro findo o Melhor Cozinheiro Jovem de Portugal, no seguimento de várias provas em escolas profissionais; Rui Melo, a cuja função profissional de engenheiro civil, junta no fim de semana, a da cozinha, entre propostas e segredos  para familiares e amigos.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

Covid-19: Grupo NAU reabre hotéis no Algarve e Alentejo a partir de domingo https://t.co/4YTbzyk68C
Covid-19: OMS suspende temporariamente ensaios com hidroxicloroquina https://t.co/kaEWyjZBHM
Covid-19: Empresas já pediram 10,5 mil ME à banca mas dinheiro não chega - CIP https://t.co/qwBBUq5YSx
Follow Jornal das Comunidades on Twitter