Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

COLABORADOR DE CHEF MICHELIN, NO SARRABULHO DE LOURES

Previous Next
IDT-N°/ : 4471

Convide os seus amigos

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 


Diogo Nascimento é um jovem de 19 anos natural de Arcos de Valdevez, mas já experimentado no mundo da gastronomia, mercê da frequência do curso da área na Escola Profissional do Alto Lima – Epralima – e estágios e colaboração em eventos oficiais e particulares na região.

Durante dois anos integrou a equipa de cozinha do Monte Prado Minho Hotel em Melgaço, e nesse primeiro trajecto na culinária colaborou com o Chef Michelin Vítor Matos, num célebre Jantar da Lampreia, um apreciado quão típico prato da cozinha tradicional portuguesa, afincadamente de Entre Minho e Cávado. Pelo currículo outras iniciativas enogastronómicas assinalam o percurso profisional deste jovem Diogo, entre schowcookings, e panelas, tachos, segredos que vão ao lume…

No ano passado, para dar resposta aquilo que faltava na sua terra,  Diogo mudou-se como cozinheiro chef para a Taberna da Benda, na freguesia de Prozelo, a dois quilómetros da vila. Na componente gastronómica para seus clientes, o jovem cozinheiro – empresário, aplicou os seus saberes aos sabores e produtos regionais, contemporâneos, e dividiu o serviço em três: pequenos almoços, refeições e petiscos/lanches. O saber fazer local, do país interior ao litoral,é a aposta da jovem promessa gastronómica minhota , em cujo cardápio elencamos: pernil assado no forno, polvo á lagareiro, robalinho grelhado, bacalhau de cebolada, polvinho da costa, etc.  Sugestões para rematar quem la´fôr abastecer o estômago, não faltam afirma Diogo, a começar pela doçaria caseira: as tartes de côco ou de maçã, o bolo de bolacha, entre outros combinados com frutas e semi – frios!

Atento á importãncia da gastronomia no mundo de hoje, e principalmente em Portugal, Diogo Nascimento associa-se a algumas efemérides com ementas adequadas. Entre alguns exemplos, recordamos o Dia da Alimentação, (16 de Outubro) com pratos variados, ou a Romaria da Senhora da Porta, na vila de Arcos de Valdevez, fim de semana de Setembro, aqui, com escolhas específicas: o arroz de feijão e panados, ou arroz de robalo.

Pela sua dedicação á arte dos paladares, o Diogo foi selecionado pelo chef Manuel Viana Martins, seu antigo professor, para integrar o grupo de cozinheiros que no próximo domingo, 2 de Fevereiro, vai confecionar o Arroz de Sarrabulho em Loures.

 

Tito Morais
Author: Tito Morais
Colaborador convidado
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.
Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

EU APOIO O Luso.eu

Últimos Tweets

Em Liepāja https://t.co/qREiWu5C8b
Natal. Tempo para eliminar as iniquidades https://t.co/6bOyN19Y2J
A -demos que somos; a -cracia que queremos https://t.co/7O4tXkuTH1
Follow Jornal das Comunidades on Twitter