Nasceu em Lisboa, mas seus ascendentes são naturais da freguesia da Cabração no concelho de Ponte de Lima, localidade que há longas dezenas de anos fez radicar na capital várias famílias que se estabeleceram no sector da restauração, onde os petiscos regionais e vinhos são uma referência nesse comércio.

Mas, entre os conterrâneos que saíram da terra natal e levaram segredos e sabores da cozinha tradicional, um deles evidenciou-se nos últimos anos! Referimo-nos a Maria Alexandra Alves Rodrigues Germano, agora residente em Torres Vedras.

A sua vocação para a gastronomia está – lhe no sangue, por tradição familiar, ou segredos, ou pesquisas e experiências na arte de cozinhar, refira-se.

Nos três últimos anos, Liliana Rodrigues tem participado em concursos televisivos sobre comeres de Portugal. O mais saliente da sua participação – A Mesa dos Portugueses – tem permitido ao longo de três anos de colaboração, divulgar receitas antigas, designadamente nos peixes e doces.

Assim, na edição de 2016 daquele programa da RTP, Liliana apresentou um Doce Alentejano, e no ano seguinte, um Bacalhau à Minhota, menú que lhe foi transmitido pela mãe na Cabração, para além da Torta de Viana, receita que lhe foi fornecida pela madrinha Maria Rosa, cuja mãe também é Limiana.

Os cozinhados de Liliana Rodrigues naquela sexta edição d “A Mesa dos Portugueses “ foram selecionados pelo júri entre “ as 48 melhores receitas “ apresentadas, e como tal, publicadas no respectivo Livro do concurso televisivo.

O gosto e a dedicação da nossa conterrânea, levaram – na a participar também na edição de 2018 daquela montra das tradições culinárias de Portugal. O seu contributo em avaliação foi o Bolo das Festas, iguaria habitual nos festejos a Nossa Senhora das Dores / Feiras Novas (Ponte de Lima), Senhora da Agonia (Viana do Castelo) e Senhora da Bonança (Vila Praia de Âncora). Desta vez, Liliana sagrou-se vice campeã do programa, pois classificou-se em segundo lugar!

Tudo que foi confecionado vai ser publicado no próximo ano de 2020, na brochura alusiva ao concurso do ano findo, tal como aconteceu com o cardápio do “ fiel amigo “ e da Torta da capital do Alto Minho.

Mais um talento na gastronomia, a juntar a outros dois, Pontelimenses, como João Pedro Coelho, eleito O Melhor Cozinheiro Jovem 2017, da freguesia de Fornelos, e Américo Nunes, do Bárrio, vencedor do concurso MasterChef Júnior 2018.

Pub

Tito Morais
Author: Tito Morais
Colaborador Convidado
Pode ler mais sobre este colaborador
Artigos deste Autor:

Pub