A Casa do Folar Limiano, local de fabrico do já célebre – Folar Limiano – e outras iguarias regionais, realizou uma degustação de seus produtos para a quadra natalícia, na área dos doces e salgados.

Sob o comando do seu proprietário, o Chef Vítor Lima, que frequentou o Chocolate Academy em Barcelona e o Centro de Formação Profissional do Sector Alimentar na Pontinha, Lisboa, (além de várias experiências profissionais na Bélgica e França), a prova reuniu vários paladares.

Assim, como novidade nos salgados, foi apresentada a Bola de Bacalhau e chouxs também de “ fiel amigo”; já nos doces, foi diversificada a mostra: Folar 1163 (massa molhada com essa cerveja preta artesanal, de Ponte de Lima), o Bolo rei tradicional e variantes (frutos secos ou chocolate), o tronco (ou pinheiro) de Natal, rabanadas no forno, bombons Limianos, galette, etc.

Também disponíveis por encomenda, a Casa do Folar Limiano proporciona outras delícias aos interessados, incluindo especialidades estrangeiras. É o caso do Panettone, de Itália, ou bolos tradicionais com produtos autóctones: o de frutos vermelhos, cenoura, maçã biológica e noz do Chile, ou o Bolo Mármore, com massa de baunilha e chocolate, pepitas também do dito, negro!

Com sede na urbanização da Baldrufa, em Ponte de Lima, a Casa do Folar Limiano tem participado em vários eventos gastronómicos dentro e fóra de Portugal. Entre os últimos, recordemos, em Esposende, a apresentação dos Fins de Semana gastronómicos, pela Entidade Turismo do Porto e Norte de Portugal; abertura do Verde Cool, em Braga, a convite da Associação Comercial da cidade; celebração do Dia Mundial do Turismo, no Posto local de Ponte de Lima; na Mostra enogastronómica da embaixada de Portugal em Bruxelas, organizada pelo eurodeputado da Comissão parlamentar de Segurança Alimentar, José Inácio Faria, e, em Vandoeuvre – Les Nancy, cidade no Norte de França, geminada com Ponte de Lima, no jantar – festivo do Arroz de Sarrabulho.

Pub
 

 


Pub