NOTA! Luso.eu usa cookies e tecnologias similares. Se você não alterar as configurações do navegador, você concorda com isso.

Saiba mais aqui

Compreendi

Mundial2018: Ronaldo determinante no apuramento de Portugal

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Lisboa, 10 out (Lusa) - A fase de qualificação para o Mundial2018 de futebol foi a melhor da carreira de Cristiano Ronaldo, ‘capitão’ da seleção portuguesa, que bateu vários recordes, tendo apenas falhado o título de melhor marcador.

Em nove jogos, Ronaldo apontou 15 golos, incluindo o seu primeiro ‘póquer' com a camisola das ‘quinas', e consolidou ainda mais o seu estatuto de lenda da história do futebol, tendo sido determinante no apuramento de Portugal para o próximo Campeonato do Mundo, que vai decorrer na Rússia.

Na lista de melhores marcadores, só o polaco Lewandowski, com 16, fez mais golos que o avançado português, tendo, também ele, entrado na história como o melhor marcador do seu país.

A nível europeu, Ronaldo passou a ser segundo melhor marcador de sempre, com 79 golos. Mais que o jogador do Real Madrid, só mesmo outro que passou pelo clube ‘merengue’, o lendário Ferenc Puskás, que fez 84 com camisola da Hungria. O antigo avançado também representou a Espanha, mas não fez qualquer tento.

Aos 32 anos, o ‘capitão’ da seleção nacional passou também o ‘rei' Pelé e, na lista mundial, segue no terceiro lugar, um golo atrás do japonês Kunishige Kamamoto.

Ronaldo, que já leva 147 internacionalizações ‘AA’, fez o seu primeiro ‘póquer' por Portugal, quando marcou quatro na goleada sobre Andorra (6-0), na segunda jornada, em Aveiro. Só Nuno Gomes, Pauleta e Eusébio tinha alcançado tal feito.

Nas 10 jornadas do Grupo B, que Portugal venceu, Ronaldo falhou a primeira ronda, com a Suíça, devido a lesão e apenas ficou em branco na Hungria e agora na receção aos helvéticos.

Depois dos quatro golos a Andorra, o avançado marcou mais um nas Ilhas Faroé (6-0) e ‘bisou’ na receção à Letónia (4-1). Seguiram-se mais dois golos com a Hungria (3-0), na Luz, e outro dois na Letónia (3-0), em Riga.

No Bessa, fez um ‘hat-trick' perante as Ilhas Faroé (5-1) e, saindo do banco ao intervalo, abriu o caminho à vitória de Portugal em Andorra (2-0).

Pub


The Sol Ar Vinhos de Portugal

Eventos este Mês

Seg.Ter.Qua.Qui.Sex.Sáb.Dom.
1
3
4
11
12
13
14
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pub Google

Últimos Tweets

Os trabalhadores forçados portugueses do III Reich https://t.co/q9yX8Q2sWq
FC Porto goleia Vitória de Guimarães e apura-se para os 'quartos' da Taça https://t.co/m8JDqtKseV
Paula Moreira https://t.co/3gJ3fpIaLJ
Follow Luso.be - Bélgica on Twitter