terça-feira, 07 fevereiro 2023

A lama dos dias

Fev. 02, 2023 Hits:279 Crónicas

DIGNIFICAR A AUTORIDADE

Fev. 01, 2023 Hits:130 Crónicas

Homoousios

Jan. 31, 2023 Hits:160 Crónicas

O Escorpião Marcelo

Jan. 31, 2023 Hits:107 Opinião

Insuspeito assassino

Jan. 27, 2023 Hits:205 Crónicas

Isto não é um país É …

Jan. 20, 2023 Hits:488 Opinião

A Importância da Educaç…

Jan. 19, 2023 Hits:1879 Crónicas

Epistocracia - O óptimo …

Jan. 15, 2023 Hits:1020 Opinião

No Palácio do Raio

Jan. 15, 2023 Hits:438 Apontamentos

Mensagem de Natal do Embaixador de Portugal





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Caros compatriotas, 

Caros membros da comunidade portuguesa e luso-descendentes que vivem e trabalham na Bélgica, 

Caros amigos belgas, 

Para além dos sentimentos de alegria próprios desta quadra festiva, dirijo-me este ano a todos vós com uma emoção especial, pois este será o meu último Natal na Bélgica. 

Em inícios do próximo ano, ao fim de três anos de trabalho entusiasmante apesar das condições muito difíceis pelas quais todos passámos, serei transferido para outro posto.  

Ao longo destes anos, tanto eu como a equipa da Embaixada, e ainda os Consulados Honorários em Gent e Liège, mantivemos contactos regulares com a comunidade portuguesa, não só individualmente, como por intermédio da federação das associações portuguesas na Bélgica e das associações que a constituem. 

Com essa proximidade procuramos entender melhor as suas aspirações e os seus problemas, e contribuir para encontrar soluções, no plano individual e coletivo. 

Ao mesmo tempo, cabe à Embaixada valorizar a imagem da comunidade portuguesa junto das autoridades belgas, defendendo os seus interesses ao nível federal, regional e municipal.

Embora surjam por vezes questões difíceis, a tarefa está facilitada por um fator essencial, que é este: a comunidade portuguesa na Bélgica é altamente respeitada, e todas as entidades e cidadãos belgas se referem positivamente a ela. 

Essa apreciação não me surpreende. Sendo esta a segunda vez que vivo e trabalho na Bélgica, totalizando oito anos neste país, recolhi essa mesma impressão de todas as pessoas com quem falei, e pude verificar essa realidade por mim próprio. 

Os portugueses na Bélgica, como aliás em todo o mundo, são pessoas úteis à sociedade nas suas diversas áreas de atividade, exercendo os seus direitos e cumprindo as suas obrigações enquanto cidadãos portugueses e europeus.

Por isso, se quisermos ter orgulho em grandes portugueses, não precisamos de ir buscar futebolistas famosos: grandes portugueses, e muito mais importantes, são todos e cada um de vós. 

Quero aqui prestar uma homenagem especial à Federação das Associações Portuguesas na Bélgica e às associações que a constituem, pelo seu empenhamento, pelo seu dinamismo, e pelo trabalho essencial de reforço da coesão da nossa comunidade, de solidariedade social, e de promoção da língua e cultura portuguesa. 

A Embaixada tudo continuará a fazer, em conjugação com as autoridades portuguesas competentes e no limite das possibilidades, para apoiar as nossas associações.

No que diz respeito à aprendizagem da língua portuguesa nas escolas e aos estudos portugueses nas universidades, essa frente de trabalho, que é coordenada pelo Instituto Camões e posta em prática pelos docentes da rede externa de ensino e pelos leitorados todos eles desenvolvendo um trabalho altamente meritório - constitui também uma prioridade para o nosso país.

Igualmente importante é o trabalho com entidades representativas de interesses empresariais portugueses, em particular a muito dinâmica Câmara de Comércio Belgo-Portuguesa e as empresas ou entidades nacionais que dela são membros. 

Caros amigos, 

Este ano registaram-se dois avanços importantes para o reforço da ligação entre a embaixada e a comunidade portuguesa: 

  1. O primeiro foi a constituição do Conselho Consultivo da Comunidade Portuguesa para a área consular da Bélgica, reunindo representantes de vários setores:

- a comunidade estabelecida na bélgica ao longo de várias gerações;

- representantes do setor empresarial português;

- funcionários internacionais que trabalham nas instituições europeias;

- portugueses que trabalham e desempenham funções diversas na Bélgica. 

Para além de outras formas de contacto, este Conselho Consultivo tem a finalidade de criar um espaço de discussão para se auscultarem questões que dizem respeito a todos os portugueses, em matéria de trabalho, de ensino e aprendizagem do português, e de outras questões de caráter social. 

  1. O segundo desenvolvimento é a nova presença da Embaixada no Facebook.

Essa página permitirá a pouco e pouco uma maior divulgação de atividades de interesse ou de informações úteis, embora ela não se destine a substituir outras formas de contacto com a Embaixada, e sobretudo com a Secção Consular, nomeadamente para agendamentos ou pedidos de informação, que continuam a ser feitos pelas vias normais.

Ao mesmo tempo a Embaixada continuará a comunicar pela via da sua página oficial e ainda da comunicação social portuguesa na Bélgica; neste âmbito quero nomeadamente destacar o trabalho do Jornal luso.eu e da Rádio Alma, que tanto contribuem para a nossa união como comunidade. 

Falando de agendamentos, e como sempre, quero sublinhar que a Secção Consular e os seus funcionários tudo fazem para que o atendimento seja realizado nas melhores condições e com a maior rapidez e eficácia possível. 

Estamos bem conscientes que os prazos de espera são grandes, sobretudos nos períodos de verão e natal, e procuraremos sempre, dentro do cumprimento das regras, que os utentes da Secção Consular vejam os seus problemas resolvidos tão depressa quanto possível. 

Importa ainda recordar que a atividade consular inclui também a prestação de apoio de emergência a compatriotas em estado de necessidade, quer residam na Bélgica, quer estejam de passagem, em articulação com as autoridades portuguesas competentes.

Esse apoio em situações de emergência, tantas vezes dramáticas, tem menor visibilidade, mas representa uma parte muito importante do nosso trabalho.

Caros compatriotas e amigos, 

O ano de 2022 que está prestes a terminar teve momentos muito bons, como a possibilidade de termos voltado a comemorar o dia 10 de junho em festa no Bois de la Cambre, mas também foi, e ainda está, ensombrado por uma guerra que para além do seu custo dramático em vidas, afetou muito as condições de subsistência e de trabalho de milhões de pessoas, antes de mais na Ucrânia, mas também na europa e noutras regiões do mundo, especialmente as mais desfavorecidas. 

Esse conflito não será resolvido tão cedo, e deixará marcas duradoras, pelo que teremos de nos preparar para um ano de 2023 que será difícil. A solidariedade entre todos nós será assim ainda mais necessária.

Termino dizendo-vos que foi para mim um privilégio ter representado Portugal na Bélgica durante praticamente três anos, e sobretudo ter trabalhado com uma comunidade que levanta tão alto a imagem de Portugal.

Agradeço-vos de todo o coração por todo o apoio e amizade que recebemos, a minha mulher e eu, durante estes anos.

Desejo-vos, em meu nome e em nome de todos os colegas da Embaixada de Portugal, um Natal feliz e um Ano Novo com saúde, alegrias e sucessos! 

Boas festas!

Rui Manuppella Tereno

Dezembro de 2022


Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 1163  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

News Fotografia

Foto: Paulo Pego