Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Livraria TFM – um espaço emblemático da cultura lusófona na Alemanha

ID:N°/ Texto: 5554
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Fundada no dia 2 de maio de 1980 na cidade de Frankfurt, uma das maiores cidades da Alemanha, pela ação visionária do português nascido em Moçambique, Teo Ferrer de Mesquita, a livraria TFM - Centro do Livro e do Disco de Língua Portuguesa, permanece ao longo das últimas quatro décadas como um espaço emblemático da cultura lusófona no coração da Europa.

A viver no território germânico há mais de meio século, o provecto livreiro além de responsável pela criação da primeira livraria lusa na Alemanha, tem sido ao longo dos anos um prodigioso dinamizador e mobilizador cultural. Ativismo expresso, por exemplo, no seu trabalho durante mais de 20 anos com a Alte Oper de Frankfurt, que permitiu levar ao público alemão grandes nomes da música portuguesa, entre eles, Amália Rodrigues, Carlos Paredes e José Mário Branco.

Assim como na presença lusa na Feira do Livro de Frankfurt, o maior encontro mundial do setor editorial, contexto que levou a que em 1998 estivesse no certame ao lado de José Saramago, quando este recebeu a notícia do Prémio Nobel da Literatura, e tenha estado a convite do mesmo na cerimónia de entrega do galardão em Estocolmo.

Este dinamismo impulsionou a TFM na organização de várias leituras com escritores de referência da língua portuguesa, como José Saramago, António Lobo Antunes ou José Cardoso Pires. Mas também a assumir inclusive uma vertente editorial no seio do espaço lusófono, que esteve já na base de edições bilingues, português e alemão, de consagrados autores brasileiros, como Manoel de Barros ou João Ubaldo Ribeiro.

Atualmente gerida por Petra Noack, colaboradora de longa data de Teo Ferrer de Mesquita, a TFM prossegue como um espaço de referência da cultura lusófona na Alemanha, colaborando por exemplo, regularmente com o Camões – Centro Cultural Português em Berlim na organização de leituras com autores como Patrícia Portela, Rui Cardoso Martins, Kalaf Epalanga, Isabela Figueiredo ou João Paulo Cuenca.

O papel de relevo e promoção cultural desempenhado pela Livraria TFM ao longo das últimas quatro décadas na Alemanha concorreu para que em 2015, este verdadeiro baluarte da língua portuguesa no coração da Europa, fosse distinguido com o Prémio Alemão das Livrarias, que distingue pequenas livrarias germânicas  com uma oferta literária selecionada e uma programação cultural especial.

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.


RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Covid-19: EUA com 532 mortos e mais de 48 mil casos nas últimas 24 horas https://t.co/DaeQiJCOFf
Mais de 900 vinhos marcam presença no concurso Vinduero-Vindouro https://t.co/qRdAKfD8eh
A pandemia de Covid-19 aumentou o risco de burnout parental em Portugal? https://t.co/E1JIRZrZ8K
Follow Jornal das Comunidades on Twitter