SARDINHADA PORTUGUESA EM S. PAULO (Brasil) e DRANCY (Paris)

ID:N°/ Artigo: 3639
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Os dois fins de semana que se aproximam serão assinalados de forma festiva pela comunidade luso – portuguesa das regiões metropolitanas de São Paulo e de Paris, no âmbito das comemoração do S. João.

Assim, do outro lado do Atlântico, na capital financeira do Brasil, decorrerá a partir das 12,00 h de Domingo 9 do corrente, na sede do Arouca São Paulo Clube, a Festa da Sardinha Portuguesa, acompanhada de fêveras e caldo verde. No decorrer do convívio, haverá a apresentação do Rancho Folclórico Aldeias da Nossa Terra, a nova secção daquela colectividade lusitana na região.

No velho continente, será na capital francesa que teremos um evento similar, organizado pela Associação Dancéenne dos Amigos de Portugal, com sede na cidade de Drancy, situada a uma dúzia de quilómetros de Paris e com 70 mil habitantes.

A Sardinhada, com entrada livre, decorrerá no Sábado, 22 de Junho, a partir das 19,00 h no Ginásio Auguste Delaune, no centro daquela localidade, a uma curta distância do aeroporto Charles de Gaulle. Na ementa, além do prato típico da festa junina, haverá também petiscos, designadamente enchidos e fumados portugueses, doces e para acompanhar bons vinhos e cervejas também nacionais.

A animação estará a cargo de Carlos Pires, conhecido intérprete de música portuguesa, junto das comunidades de emigrantes do centro da Europa.

No Domingo, dia 23, a Festa verde e vermelha prossegue, desta vez com o Festival Folclórico, organizado pelo anfitrião: as Romarias do Minho, presidido por Glória Silva, natural da freguesia da Seara, concelho de Ponte de Lima.


RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Criança que perdeu os pais em França deve regressar "nos próximos dias" - Governo https://t.co/HfQeNOyb1N
LE: Braga e Guimarães tentam apuramento frente a emblemas históricos em crise https://t.co/LrreB0M1vJ
LE: Braga e Guimarães tentam apuramento frente a emblemas históricos em crise https://t.co/TCyZLGWU4k
Follow Jornal das Comunidades on Twitter