ÂNGELO DE SOUSA: QUASE TUDO o QUE SOU CAPAZ, é a exposição patente no Museu Municipal de Caminha realizada a partir de obras da colecção de Serralves. A exposição pode ser visitada até ao dia 7 de Outubro.

Ângelo de Sousa, além de ser uma das figuras mais influentes da arte portuguesa da segunda metade do século XX, é um dos artistas melhor representados na colecção de Serralves, com trabalhos realizados entre os anos 1960 e 2010, e que abarcam todos os meios artísticos a que ele se dedicou ao longo da sua prolífica carreira.

Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha, realçou que “esta maneira de Serralves se apresentar também aqui em Caminha é aquilo que deve ser feito do meu ponto de vista.

A descentralização da oferta cultural tem várias vantagens: a oportunidade que temos de conhecer obras e artistas, uma aventura completamente diferente e que não teríamos se ela estivesse exposta na Fundação Serralves; e a valorização do território, tornando-o mais forte, mais capaz de atrair e mais capaz de resistir nos momentos difíceis”.

Pub