Crimes de Vale e Azevedo por desvio de verbas do Benfica prescreveram

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) - O Tribunal da Relação de Lisboa considerou prescritos os crimes de que o ex-presidente do Benfica João Vale e Azevedo estava acusado, relativos ao desvio de dinheiro dos direitos televisivos do clube, disse hoje à Lusa fonte judicial.

Os factos imputados a João Vale e Azevedo remontavam ao final da década de 90 e o julgamento estava marcado para o início de março, mas a Relação entendeu estar prescrito o procedimento criminal.

Em causa estavam os crimes de peculato (apropriação indevida de dinheiros de instituição pública) e falsificação de documentos, relacionados com os direitos televisivos do Benfica e que envolviam a verba de 1,2 milhões de euros.

Pub


RECOMENDADOS PARA SI

Restaurante Ricardos

GBOM DIA HOJE 16/08 

  • PERNA DE FRANGO NO FORNO
  • PEIXE ESPADA GRELHADO

Reserva on-line

Últimos Tweets

Recevez un cadeau de bienvenue de 15 € quand vous ouvrez un compte Monese et réalisez votre première transaction av… https://t.co/ksIJ4fOuP2
SÍNTESE: Benfica continua na liderança e FC Porto afoga mágoas com goleada https://t.co/fZUPSoC9mF
From Vimeo
Acabei de adicionar “Oca-Girafa Project” para o canal https://t.co/yei698KNE4 no #Vimeo: https://t.co/WCyep9tIZY
Follow Jornal das Comunidades on Twitter