Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
domingo, 24 outubro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Conferência Sobre o Futu…

Out. 24, 2021 Hits:136 Opinião

No Rio de Janeiro, centen…

Out. 23, 2021 Hits:112 Cultura

Em Lier

Out. 22, 2021 Hits:312 Apontamentos

Centro de apoio ao ciclot…

Out. 22, 2021 Hits:418 Portugal

Arrifana um filme histór…

Out. 21, 2021 Hits:217 Cultura

“Caminha deixou de esta…

Out. 21, 2021 Hits:290 Portugal

Entretenimento

  1. Entrevista
  2. LusoPodcast
  3. Foto do Mês

Mensagem de Natal do Senhor Embaixador de Portugal na Bélgica



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

Caros compatriotas,

Caros membros da comunidade portuguesa e luso-descententes que vivem e trabalham na Bélgica,

Caros amigos belgas,

A poucos dias do Natal, gostaria de partilhar convosco alguns pensamentos. Normalmente nesta ocasião as palavras seriam sobretudo de alegria mas, desta vez é importante começar por falar em coisas sérias.

O ano de 2020 foi muito difícil devido à crise do covid-19. O vírus anda por aí e a nossa saúde corre um risco sério, sobretudo quando se trata de pessoas mais vulneráveis, em certas categorias de risco. Mas todos nós podemos apanhar o covid. Todos.

Muitas atividades foram interrompidas, as escolas não estão em funcionamento normal, o desemprego aumentou dramaticamente e inúmeras empresas e comércios tiveram que fechar portas. Toda a sociedade, tanto na Bélgica como em Portugal e em todo o mundo, claro, está a ressentir-se.

É por isso que todos precisamos de participar num esforço conjunto para ultrapassar esta epidemia. Durante a quadra do Natal e Ano Novo. Tanto na Bélgica como em Portugal é essencial respeitar as regras de proteção decididas pelas autoridades. 

Elas foram estabelecidas para proteger a nossa saúde, a saúde das nossas famílias, a saúde dos nossos vizinhos e a saúde de todos as pessoas que trabalham juntas. Respeitar essas regras durante o período do Natal vai-nos custar mais porque gostávamos de estar em família, aqui ou em Portugal, mas não podemos facilitar.

Isto vale para todos. Desde que chegámos à Bélgica em fevereiro, a minha mulher e eu não fomos a Portugal, não passámos uma noite fora de casa. A nossa filha vai passar o Natal sozinha em Lisboa.  

O nosso percurso durante a semana é casa-trabalho-compras. Sempre com máscara, sempre tomando todas as precauções. Porque tem de ser. 

Esta quadra festiva  será difícil, mas pode ser, mesmo assim, uma quadra vivida com alegria, com comunhão familiar, e sobretudo com a esperança que o ano de 2021 pode ser melhor.

Se agora tivermos cuidado, e com a ajuda das vacinas que vão começar a ser administradas, o próximo ano será melhor. A pouco e pouco as atividades serão retomadas, as escolas vão funcionar mais normalmente, e vamos poder circular mais facilmente. Esse é o objetivo comum. Fazer agora um grande esforço, ter o máximo cuidado, e assim criar condições para ultrapassar esta crise durante o próximo ano.

Agora vamos falar de outras coisas.                                                                                                                                  

Durante o primeiro semestre de 2021 Portugal exercerá a presidência portuguesa da União Europeia. Este será um período extraordinariamente importante para o nosso país e para toda a Europa. Porque hoje em dia as grandes questões que nos preocupam são tratadas à escala europeia, e têm de ser decididas num espírito de responsabilidade e solidariedade comuns. 

Portugal é um interveniente ativo e constante em todas as questões europeias mas, no próximo semestre, cabe-nos um papel especial.  Vamos conduzir a agenda europeia, mas vamos também dar-lhe uma forte marca nacional. Vai falar-se muito de Portugal na Bélgica.

Quero porém garantir-vos que vamos manter uma ligação estreita com a comunidade portuguesa - os nossos compatriotas, as nossas associações e outras entidades que promovem interesses portugueses, os nossos representantes, as nossas escolas de português, os nossos agentes culturais, os nossos meios de comunicação, as nossas empresas, os nossos comércios.

Queremos manter essa ligação em toda a Bélgica.   No próximo ano ainda será difícil realizar deslocações, organizar iniciativas, e ir ao encontro das pessoas onde elas vivem e trabalham, mas a pouco e pouco tenciono estreitar este conhecimento e estudar as melhores formas de apoiar as vossas iniciativas, dentro das possibilidades existentes.

Por outro lado, felizmente, hoje em dia há outras maneiras de nos irmos conhecendo à distância, de trocar informações e de discutir preocupações. Temos que aproveitar esses meios para continuarmos em contacto.

A comunidade portuguesa na Bélgica é grande, ativa, muito bem implantada na sociedade local há várias gerações, e sobretudo muito respeitada.  

Não podemos esconder que a vinda para a Bélgica representou para muitos a procura de uma vida melhor que na altura Portugal não podia oferecer.  

Esse passado não se pode apagar, mas hoje em dia os portugueses na Bélgica são um dos pilares da excelente relação que existe entre os nossos dois países, que iremos certamente aprofundar em todos os domínios: político, económico, social, cultural, científico, climático, energético, turístico e tantos outros. 

A este propósito gostaria de chamar a atenção para um aspeto fundamental: a escola, a educação.

São os estudos que preparam os nossos filhos para o futuro e lhes dão oportunidade de se integrarem, de irem mais longe, de terem uma vida cada vez melhor. As próximas gerações também irão enfrentar problemas complicados, mas uma coisa é certa: não há crise que nos possa tirar a educação que recebemos. 

Por outro lado, as crianças e jovens da nossa comunidade frequentam as escolas belgas, mas não devemos esquecer a aprendizagem da nossa própria língua, o português, que é uma das línguas mais importantes do mundo. 

O ensino da língua portuguesa no estrangeiro é coordenado pelo Instituto Camões e assegurado pela rede de professores da rede externa. Quero aqui prestar a minha mais sincera homenagem a estes professores pelo seu trabalho diário em todas as regiões da Bélgica, com enorme dedicação.

Para além do ensino da língua, o Instituto Camões e a Embaixada promovem também os estudos de língua e cultura portuguesa nas universidades belgas.  A nossa intenção é, à medida das possibilidades, ampliar cada vez mais esses estudos.

Caros compatriotas,                          

A presidência portuguesa da União Europeia vai andar a par de uma prioridade constante da Embaixada e da secção consular: a assistência aos nossos compatriotas.

Essa é uma missão de primeira importância para governo português e para as embaixadas em todo o mundo.  Ela é coordenada pela Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, que define as políticas e toma as medidas necessárias para defender e apoiar a nossa comunidade.

No caso de Bruxelas, como sabem, apesar da necessidade de restringir o acesso às instalações devido ao covid, o atendimento foi reorganizado, sobretudo graças ao novo centro de antendimento consular. Agora é mais fácil e mais rápido contactar a secção consular e tratar dos problemas.

Dito isto, é importante que as pessoas se ajudem a si próprias. Por exemplo, não deixem caducar os vossos documentos! Eles podem ser renovados com antecedência. Assim evitam-se aflições de última hora.

Convém ainda consultar regularmente a página de internet da Embaixada e o Portal das Comunidades Portuguesas, para estar ao corrente das últimas informações.

Caros compatriotas,

Antes de terminar, quero lembrar-vos que já daqui a poucos dias, em janeiro de 2021, terá lugar a eleição para o Presidente da República. Este é um ato político e civico da maior importância e todos nós, cidadãos eleitores, somos chamados a participar nele.  Devemos assim prestar atenção às indicações que serão divulgadas para exercer o direito de voto na Bélgica.

Caros amigos,

Este Natal, volto a dizer, não podemos ficar tão juntos em corpo como habitualmente, mas podemos ficar juntos em espírito. Vamos celebrar as festas com muita alegria e também com muito cuidado.   Vamos ter esperança que, se respeitarmos agora todas as precauções, o ano de 2021 será um ano melhor.

Em meu nome e em nome de todos os colegas da Embaixada de Portugal, desejo-vos de todo o coração um Natal feliz,  e um Ano Novo com saúde, alegrias e sucessos!

Boas Festas! 


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 228 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
30
31

News Fotografia