domingo, 26 junho 2022

Dinamite

Jun. 21, 2022 Hits:45 Opinião

UM NOVO DEUS (Crónica)

Jun. 21, 2022 Hits:88 Crónicas

A cidade desperta

Jun. 15, 2022 Hits:174 Crónicas

Quantos dias tem a semana

Jun. 05, 2022 Hits:366 Crónicas

Aventuras (Crónica)

Jun. 02, 2022 Hits:164 Crónicas

A Outra Cena da Filosofia

maio 30, 2022 Hits:170 Crónicas

Na terra dos gnomos

maio 30, 2022 Hits:517 Crónicas

O Futuro é a Europa

maio 26, 2022 Hits:428 Opinião

Do Dia da Europa aos desa…

maio 25, 2022 Hits:100 Opinião

Entretenimento

  1. Entrevista
  2. LusoPodcast
  3. Foto do Mês
  4. Lifestyle

Embaixada de Portugal na Ucrânia apela a contacto urgente de portugueses naquele país





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A Embaixada de Portugal na Ucrânia apelou hoje a todos os cidadãos portugueses que se encontrem naquele país, e que ainda não tenham sido contactados, para que entrem em contacto urgente com a embaixada e informem do seu paradeiro.

O apelo foi feito através de um aviso publicado na página de Internet da Embaixada de Portugal na Ucrânia, que disponibiliza um endereço de 'email' para o efeito.

“Agradecemos a todos os cidadãos portugueses residentes ou que se encontrem temporariamente na Ucrânia, e com os quais ainda não foi possível contactar por 'email' ou telefone, que informem a Embaixada do seu paradeiro e novos contactos o mais rapidamente possível, através do seguinte 'email': Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.”, lê-se na nota.

O Ocidente e a Rússia vivem atualmente um momento de forte tensão, com o regime de Moscovo a ser acusado de concentrar pelo menos 150.000 soldados nas fronteiras da Ucrânia, numa aparente preparação para uma potencial invasão do país vizinho.

Moscovo desmente qualquer intenção bélica e afirma ter retirado parte do contingente da zona.

Entretanto, nos últimos dias, o exército da Ucrânia e os separatistas pró-russos têm vindo a acusar-se mutuamente de novos bombardeamentos no leste do país, onde a guerra entre estas duas fações se prolonga desde 2014.

Os observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) anunciaram no sábado ter registado em 24 horas mais de 1.500 violações do cessar-fogo na Ucrânia oriental, número que constitui um recorde este ano.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 1516 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

News Fotografia