X

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.

quinta-feira, 26 maio 2022

O Futuro é a Europa

maio 26, 2022 Hits:47 Opinião

Serafim Saudade

maio 22, 2022 Hits:65 Opinião

A Sabedoria e o Escrito

maio 18, 2022 Hits:107 Crónicas

Como se houvesse amanhã

maio 15, 2022 Hits:122 Crónicas

PCP (Partido Cumplicement…

maio 09, 2022 Hits:224 Opinião

Dia Mundial da Língua Po…

maio 05, 2022 Hits:338 Opinião

Vereadores da Coligação…

maio 04, 2022 Hits:1110 Opinião

Um domingo qualquer

maio 01, 2022 Hits:223 Crónicas

Portugal dos pequenitos

maio 01, 2022 Hits:206 Opinião

Entretenimento

  1. Entrevista
  2. LusoPodcast
  3. Foto do Mês
  4. Lifestyle

Autarca diz que comunidade portuguesa "não está estruturada" em França





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


(Lusa) – O vereador da Câmara de Paris Hermano Sanches Ruivo afirmou que a imagem de Portugal em França é de um país de confiança e, nos últimos anos, tem combatido os estereótipos da comunidade portuguesa, mas esta precisa organizar-se.

"A imagem [de Portugal] não era assim tão má como isso, foi mais combater estereótipos. Mas não foi tão longe como poderia ter ido porque a comunidade portuguesa não está estruturada. E outras comunidades ganham muito mais visibilidade do que nós", disse Hermano Sanches Ruivo, vereador da Câmara de Paris com a pasta da Europa, em entrevista à agência Lusa.

O autarca considerou que Portugal é visto "como um país de confiança" e que o facto de cada vez mais franceses visitarem e conhecerem o país, o coloca "num outro nível" de interesse e conhecimento por parte dos gauleses.

Apesar das desvantagens da falta de organização da comunidade portuguesa em França, Sanches Ruivo relatou que durante a pandemia de covid-19, a solidariedade e mobilização têm estado a funcionar.

"O aspeto solidário funcionou e a crise teve um impacto positivo sobre a mobilização da comunidade", assegurou o português.

À frente da associação Activa, que agrupa as cidades francesas e portuguesas que mantêm laços de cooperação, o autarca quer organização nos próximos dias 23 e 24 de novembro, durante o salão que junta todos os eleitos locais de França em Paris, o primeiro encontro de cidades germinadas entre os dois países.

"Há várias cidades em França que procuram uma cidade portuguesa para cooperar. Como Reims, Arras, Blois ou Colmar", indicou Sanches Ruivo, reforçando que há atualmente 237 parcerias em vigor entre cidades portuguesas e francesas.

Outro momento importante para estas cidades acontecerá com a temporada cruzada entre França e Portugal que foi adiada para o início de 2022 e que, segundo Hermano Sanches Ruivo, se deve estender para além das capitais.

"Estamos no início de algo e, primeiro é preciso limpar as geminações que estão inativas, mas se tivermos com a Temporada Cruzada projeção, faz com que alguns municípios em França façam coisas como semanas portuguesas regulares nessas cidades", concluiu.

 Hermano Sanches Ruivo, que nasceu em 1966, em Alcains, distrito de Castelo Branco, é socialista e começou em julho do ano passado o segundo mandato no executivo de esquerda liderado por Anne Hidalgo, presidente da Câmara de Paris.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 1029 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
9
10
12
13
15
17
18
19
20
22
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia