Colocámos cookies no seu computador para melhorar a sua experiência no website. Ao utilizar o site, está a concordar com o seu uso. Ler mais

Lusoproductions  has placed cookies on your computer to help improve this site. By using this site, you are consenting to its usage. Ler mais

Da esq. para a dir.: o historiador Daniel Bastos, a professora catedrática Maria Manuela Tavares Ribeiro, e a professora catedrática Maria de Fátima Nunes

A iniciativa, que decorreu na Sala de Docentes, e envolveu alunos e docentes da instituição académica alentejana, foi coordenada pela professora catedrática Maria de Fátima Nunes, e contou entre os oradores convidados, com a professora catedrática de história contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Maria Manuela Tavares Ribeiro, e do escritor e historiador Daniel Bastos, cujo percurso literário tem sido alicerçado junto das comunidades portuguesas.

No decurso da sua intervenção, Maria Manuela Tavares Ribeiro, reconhecida especialista nas áreas do Europeísmo, Atlanticidade e Mundialização, analisou o processo de construção e a identidade europeia que se constitui como um mosaico rico, complexo e multifacetado.
Por seu lado, o historiador Daniel Bastos, antigo aluno da Universidade de Évora, realçou o valor inequívoco das comunidades portuguesas na projeção de Portugal na Europa e no Mundo, e distinguiu o papel das associações de emigrantes e dos meios de comunicação lusófonos na promoção da cultura e língua portuguesa.

Refira-se que este encontro, que encerrou o ciclo da Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora “conversas à quinta”, procurou numa época de desafios prementes que se colocam à Europa, recentrar o potencial estratégico das Comunidades Portuguesas no Mundo.

Conecte-se

Se deseja inscrever-se na nossa newsletter, Digite seu endereço de e-mail.