Carla Pimenta
Função:
Colaboradora
Enviar email

(opcional)
Outras informações:

Carla Pimenta nasceu em Coimbra, Portugal, a 30 de Maio de 1984 e desde cedo a paixão pela escrita se revelou, tendo em criança feito parte do Clube das Letras na escola e tentado criar um jornal na sua adolescência com as suas colegas, que acabou por não se concretizar.  

Aos onze anos decidiu deixar a paixão da música falar mais alto e iniciou os seus estudos de piano no Conservatório de Música de Aveiro, tendo feito parte, também, a partir de 2000, da Associação de Música de Anadia, onde, para além do piano, desenvolvia o seu gosto pelo canto.

Em 2002 ingressava no curso de Jornalismo da Universidade de Coimbra. Durante todo o percurso académico juntou-se ao jornal académico “A Cabra” como repórter e fotorepórter.

A sua vida sofreria uma volta de 360º com a morte de seu pai e avós maternos (entre 2003 e 2004), que fizeram parte da sua educação desde sempre. Pelo que o ano lectivo de 2004/2005 seria passado no Brasil, como estudante de intercâmbio, tendo aprendido, em simultâneo, muito sobre fotografia.

Em 2007 estagiou no Jornal O Público, do Porto, que lhe abriu um pouco os olhos para a realidade da profissão, optando assim por escolher outros caminhos. Nos finais de 2007, terá emigrado para a Suíça (Zurique – onde permanece desde então).

Como a paixão pela escrita não desaparecia, em Fevereiro de 2011 via ser publicado o seu primeiro e até à data único livro “Diferentes Origens, A mesma Viagem”. Onde tentou mostrar, através de um retrato camuflado sobre a sua vida, que ningém, não importa o dinheiro, a posição, a cor, sexo, ou religião, se deveria superiorizar, pois todos acabam por embarcar numa viagem com o mesmo destino.

Mais tarde em 2013, criou o seu blogue https://carlavsdramas.blogspot.com/ onde perpetuava online as suas ideias e pensamentos sobre a sua vida e a vida em geral. E em 2015 passou a gerir uma página do facebook  https://www.facebook.com/pg/carlavspathetic para tentar tornar o seu blogue mais visivel, atingindo esse objectivo em 2018 com uma publicação sobre a emigração. Publicação essa que fez mais como desabafo e nunca pensou ser tão partilhada.

Foi com essa publicação que viu o seu sonho da escrita e jornalismo ser reacendido e tornou-se assim colaboradora deste jornal. 

RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Mar de Sonhos – a emigração nos vapores transatlânticos https://t.co/XRwkArEQcR
Quando a fraqueza nos torna mais fortes https://t.co/XVjbXlZokJ
FALECEU A FADISTA TERESA TAROUCA https://t.co/yYAgFXhdlv
Follow Jornal das Comunidades on Twitter