quarta-feira, 17 agosto 2022

(ENGIE)nharia jurídica

Ago. 13, 2022 Hits:66 Opinião

O REI DOS CATALISADORES (…

Ago. 09, 2022 Hits:106 Opinião

A IGREJA QUE NÃO ACREDIT…

Ago. 08, 2022 Hits:414 Opinião

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:105 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:294 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:235 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:102 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:109 Crónicas

É PROIBIDO NASCER EM AGO…

Jul. 29, 2022 Hits:696 Opinião

Tu queres, tu podes, o %#$&?"&!





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A célebre frase que engana o desespero parece que veio para ficar. Pelos vistos fica muito bonito passar a mensagem que o foco que dedicamos a alguma coisa, ou o “pensamento positivo” com que enfrentamos a vida, são a chave para uma vida de sucesso, ou, pelo menos, o caminho para a concretização dos nossos sonhos. Na verdade, isso tem enchido os bolsos de vários seres humanos sem problemas nenhuns em aumentar falsas espectativas. Pior! Alimentam a ingenuidade das crianças que se desenvolvem adultos incapazes de lidar com as adversidades da vida. É que perder quando não se trabalha é fácil de compreender, mas quando se perde mesmo tendo dado o nosso melhor é difícil de aceitar resultando geralmente em: depressão, apatia, desistência, perda de rumo, etc.

Infelizmente isto é um problema transversal a diferentes áreas. Na escola cultiva-se a ideia de que basta estudar para ter boas notas. Nos ginásios vendem-se treinos milagrosos que prometem o corpo de verão para todo e qualquer ser humano, inclusive aqueles que não se privam de comer ou beber sem filtros. No desporto de alta competição é frequente uma equipa mediana derrotar um colosso, e na jornada seguinte perder com uma equipa do fundo da tabela. Será que ninguém para pensar: “e se, afinal, não é bem assim?”.

O nosso quotidiano está repleto de contrariedades. Por vezes, temos sucesso sem perceber muito bem o que fizemos para o atingir o nosso objetivo. Outras vezes planeamos, organizamos, respeitamos e concretizamos, mas mesmo assim não conseguimos o que queremos. Na verdade, isto é muito mais complexo e depende de muitas coisas que não controlamos.

Não quero com isto dizer que mais vale ficar sentado à espera da morte. Bem pelo contrário. Já que esse desfecho é certo, enquanto puder vou tentar ter as práticas que aumentam a probabilidade de concretizar os meus desejos. Não escolho incensos, alinhamentos esotéricos ou crenças em seres hipotéticos para me ajudarem. Prefiro antes adotar os comportamentos que através da lógica me fazem compreender que fazem sentido, precisamente no sentido do que quero atingir. Se quero ter boas notas é necessário estar atento na maioria das aulas e estudar regularmente. Se quero um corpo de capa de revista tenho que treinar bem e comer ainda melhor. Se quero ser campeão tenho que derrotar as equipas do “meu campeonato”.

Mesmo assim, com todo este cuidado, é preciso aceitar que o sucesso não é garantido e poderei não ter a hipótese de controlar algumas “peças da engrenagem” que podem comprometer o resultado final. Se isso acontecer não há magia nenhuma, é continuar a tentar, por vezes com a mesma estratégia, outra vezes alterando algumas coisas.

Leandro Karnal proferiu uma frase muito interessante: “Sorte é o nome que o vagabundo dá ao esforço que ele não faz!”. Compreendo que o filósofo brasileiro se referia à facilidade com que os invejosos teimam em rebaixar o trabalho de quem tem sucesso. Por outro lado, defendo que o esforço por si só poderá não trazer o sucesso. Quando assim é, mais vale continuar a tentar enquanto houver certeza que queremos esse mesmo objetivo.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Afonso Franco
Author: Afonso FrancoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1688 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia