domingo, 27 novembro 2022

DEPOIS DO EUROMILHÕES

Nov. 27, 2022 Hits:75 Crónicas

PORTUGAL É RONALDO E RON…

Nov. 24, 2022 Hits:258 Opinião

Crónica triste para um d…

Nov. 20, 2022 Hits:136 Opinião

Em Ocasiões Especiais

Nov. 20, 2022 Hits:510 Crónicas

Os sonhos adiados

Nov. 19, 2022 Hits:204 Crónicas

IXELLES – UMA VILA DESO…

Nov. 15, 2022 Hits:219 Opinião

CRIANÇA PRESA NO PENICO

Nov. 13, 2022 Hits:459 Crónicas

Duas tardes em Coja

Nov. 13, 2022 Hits:789 Apontamentos

Esta vida de hipster

Nov. 08, 2022 Hits:125 Crónicas

Ladroagem Eleitoral

Nov. 06, 2022 Hits:333 Opinião

O “Auto Suicídio” de…

Nov. 04, 2022 Hits:337 Opinião

Invasão da Ucrânia (opinião)





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O povo ucraniano continua a sofrer nesta data que se devia comemorar o Dia da Mulher. No entanto mães e filhos continuam em fuga do terror da guerra.

O rublo está em queda, as lojas de moda internacional nas principais avenidas de São Petersburgo estão encerradas.

O povo russo continua a despertar para esta guerra apesar da contra informação que circula nos meios de comunicação da Rússia. O ginasta russo Ivan Kuliak que subiu ao pódio para receber a medalha de bronze, exibiu a letra "Z", símbolo da invasão da Ucrânia pelo exército russo. Poderá vir a ser sancionado pela Federação Internacional de Ginástica.

Os ucranianos espalhados pelo mundo estão a regressar ao seu pais, para o defender. O actor ucraniano Pasha Lee morreu no passado Domingo, aos 33 anos, após uma batalha em Irpin.

Por estes dias parte da população russa, sobretudo os mais jovens, manifesta-se nas ruas sem medo e circula na via publica junto às muralhas do Kremlin. Apenas circula de forma pacífica. Os carros cumprimentam buzinando constantemente. Ouvem-se algumas palavras de ordem. A Loubianka não terá espaço para tantos prisioneiros políticos.

Os russos que se opõem à invasão da Ucrânia, pintaram com a cor de sangue, o rio Moika, no centro de São Petersburgo.

Ambos os povos são dotados de grande coragem para reagir à invasão da Ucrânia.

Seriam bom abrirem corredores humanitários para fora da Rússia e da Bielorrússia.

Historicamente sabem o que é sofrimento e irão defender a liberdade incondicionalmente.

Quando as mulheres ocuparem o seu lugar na governação do mundo, lado a lado dos homens, tudo será diferente. Deixaremos de ver mães a carregar os filhos para longe de qualquer guerra.

Existe esperança.

Viva o dia da mulher.

8 de Março de 2022

João Pires

Luso.eu - Jornal das comunidades
Author: Joao PiresEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 702  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

News Fotografia