domingo, 14 agosto 2022

(ENGIE)nharia jurídica

Ago. 13, 2022 Hits:29 Opinião

A IGREJA QUE NÃO ACREDIT…

Ago. 08, 2022 Hits:378 Opinião

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:78 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:268 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:227 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:81 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:99 Crónicas

É PROIBIDO NASCER EM AGO…

Jul. 29, 2022 Hits:673 Opinião

Chapada na Cara (Opinião)





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


3 minutos de leitura

A história repete-se.

Mário Soares também foi alvo de tentativas de agressões e insultos na Marinha Grande, durante a campanha para as eleições de 1986 e em Barcelos que ficaram para a história.

Quanto à cerimónia da entrega dos Óscares já se escreveu demais sobre a chapada na cara de Will Smith ao comediante Chris Rock, que por uns momentos o mundo esqueceu a guerra e já nem se lembra da pandemia.

Quanto à pandemia continua a atacar na China e os números em Portugal voltam a subir, apesar da diminuição do fluxo de notícias sobre a COVID-19.

Parece que o mundo tem apenas capacidade de processar um evento, um facto de cada vez.

Depois de passar o turbilhão de notícias sobre o estalo na cara, a poeira começa a assentar.

A primeira questão é saber se um comediante pode fazer uma piada sobre a queda violenta de cabelo da mulher de um actor de cinema, em plena cerimónia da entrega dos Óscares. Um comediante tem que ir para além do que a sociedade tolera para fazer humor, mas também tem que se sujeitar às consequências.

A segunda questão é saber se o marido ofendido com a piada da cabeça careca da sua mulher, por queda de cabelo desde 2018, tem o direito de pregar um estalo em directo para as televisões do mundo. Esta foi a primeira vez que a cerimónia da entrega dos Óscares presencia uma atitude de violência. Qualquer ser humano perde a cabeça e o discernimento num certo momento da vida. Will Smith entendeu a piada como uma ameaça ao bem-estar emocional da sua esposa.

Digo marido ofendido, porque a própria Jada Pinkett Smith poderá até ter desculpado tal piada de mau gosto e até afirma que pretende sarar as feridas deste comportamento, apesar da sua reacção negativa à piada naquele momento, como quem diz: ataca Will. Quem sabe se Jada não sofre com o seu problema de queda de cabelo.

Quanto às consequências, Will Smith enfrentará a acção disciplinar por se ter recusado a abandonar a cerimónia da entrega dos Óscares, após ter deferido uma chapada na cara do comediante e ter ainda proferido palavrões insultuosos.

No entanto Will Smith já admitiu estar envergonhado com a atitude, bem como o comediante também revelou estar arrependido com a piada de mau gosto sobre a careca de Jade.

Mas esta atitude não é espontânea, pois o relacionamento conturbado entre os dois já vinha do passado. Depois da piada proferida, Smith ainda sorriu num primeiro momento, mas depois levantou-se e pregou um chapadão no rosto de Rock enquanto ele estava no palco.

O comediante recusou-se a participar a queixa à polícia, o que poderia resultar em pena de prisão e multa elevada para Will Smith, como lhe foi proposto, o que leva a perceber também o seu arrependimento, conforme notícia no USAToday.

A vida continua e o comediante Cris Rock não se pode queixar já que o seu espectáculo esgotou e o preço dos bilhetes “subiu à estalada” depois do incidente.

TickPick, um site de venda de bilhetes online, declarou que vendeu mais bilhetes numa noite para ver Chris Rock do que no mês passado. O preço dos bilhetes mais baratos subiu de 37 euros para 307 eur, após o escândalo.

Assim, vale a pena apanhar um estalo.

O comediante foi imensamente acarinhado pelo seu público, porque apanhou um estalo na cara, o que não deixa de ser curioso e emocionante.

Mesmo assim parte do seu público ficou desapontado por ele não ter falado directamente do incidente durante o seu espectáculo.

Por seu lado, ainda naquela noite, Will Smith subiu ao palco uma hora mais tarde para receber o prémio de melhor actor, tendo sido aplaudido de pé.

Perder a calma significa ser humano.

Certamente que as boas atitudes e a forma de ser de Will Smith superam este momento triste.

Não gostaria que no futuro os apresentadores dos Óscares ficassem condicionados a uma atitude e eventual repreensão desta natureza.

 

O autor escreveu este artigo de opinião, da sua responsabilidade, em exclusivo para os leitores do jornal online LUSO.EU, de acordo com as regras ortográficas anteriores ao Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990.

31-03-2022

João Pires

Luso.eu - Jornal das comunidades
Joao Pires
Author: Joao PiresEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1805 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia