Comemorações dos 50 Anos do 25 de Abril nos Países Baixos



50 anos de democracia, de liberdade de expressão e de escolha de vivermos como e onde queremos. 25 de abril é uma data que vai perdendo os seus protagonistas às mãos do tempo e por isso a importância de a comemorar e homenagear por e para aqueles que nasceram e vivem nas liberdades e democracia que a revolução dos cravos proporcionou.

Foi assim que, um pouco por todo o Mundo, os portugueses celebraram o quinquagésimo aniversário do 25 de Abril de 1974. Não foi diferente nos Países Baixos, onde tive o privilégio de assistir às suas comemorações que se realizaram por dois dias e que foram organizadas pela Embaixada de Portugal, pela mão da Embaixadora Clara Nunes dos Santos, Centro Cultural Amare em Haia, Camões - Instituto da Cooperação e da Língua e pelo Aicep - Países Baixos.

A comunidade vê assim a inauguração no Amare, no dia 25, de uma exposição alusiva à Revolução dos Cravos de 1974, pelos olhos da diplomacia neerlandesa presente em Portugal. Com recurso a documentos secretos e correspondência dos seus diplomatas no nosso país na altura da revolução, os arquivos nacionais neerlandeses mostraram a visão do Reino dos acontecimentos passados em Portugal. Esta exposição estará aberta ao público até dia 6 de maio.

A noite acabou com um fantástico concerto de Cuca Roseta intitulado, “Fados para 25 de abril”.

Dia 27 comemorou-se igualmente nos Países Baixos o Dia do Rei. No Amare continuava a festa portuguesa, montaram-se as barracas e vários comerciantes e entidades portuguesas no país mostraram os seus produtos e serviços. O “Mercado dos Cravos” mostrava assim o que de melhor Portugal tem para oferecer, para além da liberdade e democracia conquistadas em 74.

Ao mesmo tempo desenvolveram-se várias atividades criativas onde toda a família pôde participar e no Amare Studio mostrava de forma gratuita, várias curtas metragens alusivas ao 25 de abril e à guerra colonial portuguesa. Uma autêntica viagem ao passado mais sombrio da nossa história.

O dia foi encerrado com a palestra Dia da Liberdade, apresentada pela Embaixada de Portugal, pela pessoa do Drº Henrique Azevedo, Conselheiro da Embaixada de Portugal em Haia e Encarregado da Secção Consular e que teve como convidados Jan Pronk, antigo Ministro Neerlandês do Comércio Externo e da Cooperação para o Desenvolvimento, antigo Alto Representante das Nações Unidas para o Sudão e atual Deputado Parlamentar pelo PvdA e também Francisco Seixas da Costa, ex-diplomata e ex-Secretário de Estado dos Assuntos Europeus de Portugal, também ex-Embaixador de Portugal nas Nações Unidas, Brasil, França e UNESCO.

A nossa missão

Comunidades

28-maio-2024

Juventude Portuguesa de Bruxelas participa na maratona …

No passado domingo, 26 de Maio, a associação desportiva sem fins lucrativos participou pela primeira vez na Maratona dos 20Km d

26-maio-2024

Projeto Os 230 encontra-se com jovens em …

O projeto Os 230 organizou este sábado um encontro entre jovens no Café Portugal, para um debate informal sobre os maiores desa

Boletim informativo

FOTO DO MÊS

We use cookies
Usamos cookies no nosso site. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar a experiência do utilizador (cookies de rastreamento). Você pode decidir se permite os cookies ou não. Tenha em atenção que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.