segunda-feira, 28 novembro 2022

DEPOIS DO EUROMILHÕES

Nov. 27, 2022 Hits:287 Crónicas

PORTUGAL É RONALDO E RON…

Nov. 24, 2022 Hits:261 Opinião

Crónica triste para um d…

Nov. 20, 2022 Hits:139 Opinião

Em Ocasiões Especiais

Nov. 20, 2022 Hits:513 Crónicas

Os sonhos adiados

Nov. 19, 2022 Hits:206 Crónicas

IXELLES – UMA VILA DESO…

Nov. 15, 2022 Hits:251 Opinião

CRIANÇA PRESA NO PENICO

Nov. 13, 2022 Hits:463 Crónicas

Duas tardes em Coja

Nov. 13, 2022 Hits:796 Apontamentos

Esta vida de hipster

Nov. 08, 2022 Hits:127 Crónicas

Ladroagem Eleitoral

Nov. 06, 2022 Hits:337 Opinião

O “Auto Suicídio” de…

Nov. 04, 2022 Hits:342 Opinião

O meu museu





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Tenho um jardim com tantas coisas plantadas por mim.

Posso dizer que no meu jardim fiz tudo para lembrar os campos de cultivo de Portugal. Nele semeio milho, feijão e girassóis.

Fica tão belo o meu jardim, rodeado de girassóis, legumes e frutos. Colho no meu jardim as lembranças de Portugal. Baptizei como o meu Cantinho Português, tantas vezes lá me sinto como se estivesse em Portugal.

Videiras, pereiras, uma figueira com figos saborosos, um sabugueiro e outras plantas que trouxe de Portugal para o meu paraíso Português na Suíça, acrescentam beleza ao meu jardim.

Do chalé do jardim tudo decorei, como no tempo dos meus avós, com objectos comprados outros que me ofereceram.

Tem de tudo, uma cama com uma manta antiga como faziam nas Aldeias, fogão onde posso cozinhar comidas muito saborosas, como aprendi a fazer com a minha avó e com a minha mãe.

Tudo no meu jardim se parece com um verdadeiro museu. Roxy pode correr mas tenho que lhe explicar que é no nosso jardim que tem que brincar, pois ela adora aquele jardim tal como eu, vejo como ela se sente feliz, uma cadela que veio a tornar-se na minha melhor amiga.

Quando rego as flores ou os legumes, como ela gosta que eu a molhe com a água da mangueira. Tenho que dar grandes gargalhadas quando chegamos ao jardim e ela faz-me compreender para que eu abra a torneira da água, pois eu quero brincar. Tenho que lhe explicar que não vamos brincar com a água, só mais logo quando eu for regar.

No prato dela quer água para beber, depois esquece a água e joga à bola comigo. Quando me vê reparar uma peça antiga, já sabe que é para o chalé do jardim. Às vezes pergunto-lhe se gosta do nosso Museu com estas coisas que eram do passado e hoje são um tesouro para mim, ela ladra como se quisesse dizer que está lindo.

Tantas vezes escrevo sobre uma mesa no interior do chalé quando cai a neve, que dou comigo a pensar, que espectáculo lindo me dá a natureza e a Roxy olha pela janela, eu pergunto se quer brincar na neve.

Seja Inverno ou Verão vivo muito com a natureza do meu jardim, meu lindo paraíso Português na Suíça.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Rosa Pereira
Author: Rosa PereiraEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 797  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

News Fotografia