terça-feira, 07 fevereiro 2023

A lama dos dias

Fev. 02, 2023 Hits:279 Crónicas

DIGNIFICAR A AUTORIDADE

Fev. 01, 2023 Hits:130 Crónicas

Homoousios

Jan. 31, 2023 Hits:160 Crónicas

O Escorpião Marcelo

Jan. 31, 2023 Hits:107 Opinião

Insuspeito assassino

Jan. 27, 2023 Hits:205 Crónicas

Isto não é um país É …

Jan. 20, 2023 Hits:488 Opinião

A Importância da Educaç…

Jan. 19, 2023 Hits:1879 Crónicas

Epistocracia - O óptimo …

Jan. 15, 2023 Hits:1019 Opinião

No Palácio do Raio

Jan. 15, 2023 Hits:438 Apontamentos

MAESTRO





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Tudo o que acontece é repercussão de qualquer coisa. O passado repete-se. O futuro reaparece vezes sem conta. Infinitamente, rodopiamos à volta uns dos outros, como átomos unidos por ligações que tremem, que se aproximam e afastam. Não podemos pestanejar sem afetar profundamente as diferentes existências. Talvez tudo esteja antecipadamente desenhado. Tudo o que vai acontecer terá de acontecer. Apenas podemos deixar o Maestro atuar e esperar que ele consiga extrair a melhor melodia possível dos seus músicos.

Que o Maestro não enlouqueça!

Um ano após sepultar a irmã, o rapaz recebe a visita noturna de uma mulher assustadora e toma conhecimento do reaparecimento do assassino da sua irmã. Afinal, o criminoso anda à solta, diz-lhe a mulher.

Assombrado pelo passado, o rapaz atravessa meio mundo até à distante cidade onde tudo aconteceu. Um exato futuro está à sua espera. O rapaz tenta saber o paradeiro do homicida. Fala com outros. Revela a verdade da sua procura a uma desconhecida, também ela com os seus próprios segredos. Surgem novos elementos.

O rapaz avança na sua caminhada. A noite desce cedo demais. Entra num bar. Fazem-se brindes a amores perdidos. Procura a vida e a morte em igual medida. Procura o certo e o errado.

Após uma noite de excessos ficam as memórias. Relembra a vida da magnífica mulher, a sua terna irmã. Anunciam-se sentimentos nunca esquecidos. A alma do jovem ambiciona vingança. Agarra na pistola e sente o ferro frio. Que estrondo de arma. Era o barulho do futuro que se aproximava. O rapaz permanece sentado em silêncio até receber o telefonema de alguém.

Observado por fantasmas, o rapaz aproxima-se do paradeiro do assassino. Deseja acabar com tudo. Numa decisão de última hora, cai na armadilha. Aquele dia fatídico chega finalmente ao fim. O rapaz é enviado para o desconhecido.

O Maestro enlouqueceu!

Como os decimais infinitos, após a vírgula, também a vida repete determinada sequência de forma infinita. O eterno retorno. A vida das vidas. O tempo passa de acordo com leis eternas que dominam todas as configurações existentes. O absurdo traduz-se na natureza repetitiva da existência.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Hélio Sequeira
Author: Hélio SequeiraEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 519  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

News Fotografia

Foto: Paulo Pego